Polícia troca tiros com suspeito que contrabandeava 800 pacotes de cigarros na fronteira

O Alto Acre

Um carro modelo Chevorlet/Celta, placas MZV 2825, de cor vermelha, foi visto em atitude suspeita no Bairro Leonardo Barbosa, na cidade de Brasileia, na noite desta segunda-feira (4). Uma viatura do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) teria tentado abordar o veículo para uma vistorias de rotina.

No momento em que viu a polícia, o motorista iniciou fuga pelas ruas de Brasileia rumo à ponte metálica, que liga a cidadade a Epitaciolândia. Moradores divulgaram em grupos de internet que os tiros iniciaram durante a passagem pela ponte.

Uma viatura do 5º Batalhão passou a dar suporte na perseguição rumo à Avenida Amazonas, em alta velocidade. Algumas pessoas começaram a registrar a situação por celular, sem saberem do perigo que corriam, uma vez que o motorista do Celta efetuava disparos contra às viaturas.

Ao saírem da cidade pela BR 317 rumo a Xapuri, os policiais passaram a revidar os tiros. Os pneus, parte da lataria e vidros traseiros foram acertados, quando o suspeito foi capturado.

As informações dão conta de que o veículo teria parado no km 3. O motorista teria tentado fugir para dentro do mato, mas foi alcançado e detido. A arma utilizada pelo contrabandista que já tem passagem pela Justiça pelo mesmo crime, não foi encontrada e está sendo procurada no local.

O carro e o material apreendido, além do suspeito, foram levados para a delegacia da Polícia Federal em Epitaciolândia, onde foi realizado o flagrante por contrabando ilegal e atentado contra à saúde pública.

Seriam cerca de 800 pacotes de cigarros que chegariam à Rio Branco.

O motorista teria tentado fugir para dentro do mato, mas foi alcançado e detido