No Acre, 24,55% dos trabalhadores com direito ao Abono Salarial de 2014 não sacaram o benefício

Pouco mais de 56, 8 mil trabalhadores acreanos sacaram o Abono Salarial do PIS/Pasep ano-base 2014. Esse número corresponde a 74,45% do total de pessoas no Acre com direito ao benefício, sendo o menor percentual por unidade federativa do Brasil. Em valores, isso representa R$ 47.496.746,44 que entraram na economia do Estado nos últimos meses.

pis-cem reais

Em todo o País, mais de 22,61 milhões de trabalhadores sacaram o abono de ano-base 2014, o correspondente a 95,93% do total de beneficiados. Segundo o Ministro do Trabalho, é a segunda maior taxa de cobertura da história dos pagamentos do abono – o recorde foi em 2009, quando o percentual de saques chegou a 96,3%.

O Estado com maior percentual de saques foi Sergipe (99,63%), seguido pela Paraíba (99,60%) e Bahia (99,47%). No Acre, com 74,45%,, pelo menos 19, 5 mil trabalhadores não efetuaram o saque do abono salarial referente ao ano-base 2014.

Cada trabalhador recebeu o equivalente a um salário mínimo, no valor de R$880. Os recursos que não foram sacados até 30 de dezembro, segundo o Ministério do Trabalho, voltaram para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O FAT é mantido com contribuição das empresas e seus recursos são destinados a pagamentos de Abono Salarial e Seguro-Desemprego.