Ex-presidente do PT no Acre nega caravana e chama imprensa de golpista

O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores no Acre, Ermício Sena, negou que a sigla esteja organizando uma caravana de filiados para irem a Curitiba (PR) manifestar apoio ao ex-presidente Lula, que vai depor ao juiz federal Sérgio Moro, no próximo dia 3 de maio.
es-585x390

Ex-presidente do PT no Acre, Ermício Sena

Sena disse que alguns companheiros do partido devem seguir viagem para o Paraná para partiicipar do ato mas por conta própria, sem qualquer financiamento do partido. Segundo ele, o PT acreano vai realizar nos dias 4 e 5 o seu congresso estadual o que inviabilizaria a participação dos filiados caso fosse organizada uma grande caravana.
De acordo com Sena, os militantes do Acre irão integrar a Frente Nacional Povo Sem Medo.
¨ Existem companheiros que se posicionaram dizendo que vão, mas por conta própria. Temos o congresso estadual do PT nos dias 4 e 5 e não vamos poder ir em caravana. Estamos vendo ainda se vai alguém representar o partido lá¨, disse Ermício.
O presidente ainda se pronunciou sobre matérias publicadas em jornais de circulação nacional, onde se afirma que o PT acreano iria fretar dez ônibus para levar militantes para o ato no suldo Brasil.
Sena disse a maioria dos veículos da imprensa nacional não merecem credibilidade nominou aqueles que segundo ele, atuaram em favor da cassação da ex-presidente Dilma.
¨ Essas ilações de Folha da Folha eu não dou credibilidade. Não trato com a imprensa golpista. FOLHA, Globo, Veja, tudo financiado com recursos obscuros. Não cito, não atendo, nem leio, porque são golpistas¨, afirmou.