Depois do escândalo, Temer recebe senador Petecão em audiência

O primeiro compromisso do presidente Michel Temer, hoje pela manhã, depois que foi denunciado na delação da JBS por acobertar e avalizar a propina para o ex-deputado Eduardo Cunha foi receber em seu gabinete o senador acreano Sérgio Petecão, que teria ido prestar solidariedade e levar pleitos do Estado como coordenador da bancada federal. Outros parlamentares federais acreanos deveriam ser recebidos por Temer na audiência, que começou às 08h05min, horário de Brasília, mas só Petecão foi recebido.

Logo após a conversa com o acreano, Temer suspendeu toda a agenda, que previa reunião com pelo menos mais 18 parlamentares de vários estados e foi se reunir com seus ministros que compõem o chamado Núcleo Duro do governo, seus homens de confiança, que acertaram gravar depoimentos de apoio ao presidente. No momento em que Temer conversava com Petecão, agentes da Polícia Federal prendiam em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte Andreia Neves, irmã do senador Aécio Neves, que teve seu mandato suspenso por decisão do ministro Edson Fachin, do STF.