Tião Viana defende desenvolvimento social em evento

O governador Tião Viana foi um dos convidados do evento “Diálogo Público – Amazônia Sustentável: Desafios Para o Desenvolvimento Socieconômico”, realizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em Belém (PA), nesta quinta-feira, 22. A vice-governadora Nazareth Araújo também participou.

Foto: Cedida

O evento, que reúne diversos gestores e chefes do Executivo, tem o objetivo de contribuir para o planejamento das ações dos governos federal e estaduais para o desenvolvimento sustentável da Região Norte.

Tião Viana esteve presente no painel “Marca Amazônia e a Geração de Renda”, que discutiu formas de incrementar o desenvolvimento das cadeias produtivas locais aproveitando as oportunidades decorrentes das características intrínsecas da região amazônica.

“O mais importante de tudo é a qualidade de vida. No Acre, ela está inserida na conversação ambiental. No ano que vem vamos proclamar o fim do analfabetismo em pessoas acima de 15 anos. Quando eu assumi, a cada dez ruas que tínhamos nos municípios, sete eram de barro. Hoje nós fizemos 100% de ruas, com ampliação de rede de água e esgotamento periférico”, explicou Tião Viana, ao defender o desenvolvimento social.

Avanços conjuntos

Ao lado de Tião Viana, estavam o ministro do Tribunal de Contas da União José Múcio Monteiro, o secretário de Meio Ambiente do Amazonas e vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão.

Ao ser indagado pelo ministro José Múcio Monteiro sobre pontos de destaque em como esses investimentos contribuem para o desenvolvimento sustentável da região, o governador do Acre completou:

“Qualidade de vida é tudo. Não dá para pensar em conservação ambiental e desenvolvimento na Amazônia sem a defesa da qualidade de vida. E eu deixaria apenas um desafio ao TCU, de levar os governadores a um painel para discutir o narcotráfico, que escolheu a Amazônia como território de dominação, porque temos muito a dizer e o Tribunal, a contribuir”.

A vice-governadora Nazareth Araújo ainda participará da 16ª reunião extraordinária do Conselho Deliberativo da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) nesta sexta-feira, 23.

“No final desse painel, o governo do Acre ainda foi homenageado, com uma medalha de 125 anos do TCU, que muito nos orgulhou. O debate seguiu com a discussão com a importante questão da regularização fundiária e amanhã continuaremos as conversas voltadas ao desenvolvimento industrial da Amazônia”, conta Nazareth.