Idaf garante sanidade dos animais na Expoacre 2017

O governo do Estado, por meio do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Acre (Idaf), atua na garantia da saúde dos animais que vão participar da principal feira do agronegócio do Acre, a Expoacre.

A Expoacre 2017 reúne eventos como a cavalgada, rodeio, competições equestres, leilões e exposições. O Idaf é o responsável pela fiscalização e acompanhamento da saúde dos animais que participam da feira. No ambiente estarão equinos, bovinos, suínos, aves, ovinos e peixes.

Para cada espécie dessa é exigido um exame específico, e é preciso que o proprietário mantenha os documentos sanitários desses animais em dia. O exame principal para os equinos é o de Anemia Infecciosa Equina (AIE). Se o animal vier de fora do estado, precisa ter o exame de Mormo (doença equina).

“Esse serviço nós fazemos há muito tempo. Os animais que entram no parque de exposições precisam estar com seus exames em dia e obter o GTA, que é o guia de transporte animal”, afirma o diretor-presidente do Idaf, Ronaldo Queiroz.

Cavalgada

Quem quer participar do evento a cavalo, é preciso que no dia da inscrição esteja com o Guia de Transporte Animal, o Exame Anemia Infecciosa Equina (AIE), cópia do RG e CPF do dono do animal e o comprovante de pagamento da taxa.