Protesto, polêmica, e muitos gols no Fla-Flu

protesto-flamengo_fluminense-alexandrecassiano

O Fla-Flu pode não ter sido brilhante tecnicamente, mas deu o que falar. A vitória do Flamengo por 3 a 0 teve mais uma prova de união dos clubes fora de campo na briga contra a Ferj. Porém, o que mais chamou a atenção foi a discutível expulsão de Fred ainda no primeiro tempo. O caso deu o que falar e vai render, principalmente pelo desabafo do camisa 9.

O clássico ainda teve o momento de dor de Luiz Antonio, que mais uma vez lesionou o ombro, o atacante tricolor Lucas Gomes atropelando um fotógrafo na linha de fundo e os gols do Flamengo em lances nos quais o goleiro Diego Cavalieri foi mal.

Rivais dentro de campo, unidos fora dele. Em pé de guerra com a Ferj, Flamengo e Fluminense entraram com uma tarja preta em seus uniformes, como sinal de luto. Antes de a bola rolar, posaram, juntos, para uma foto, com todos os jogadores levando a mão à boca, em alusão ao esparadrapo colocado por Vanderlei Luxemburgo após ser suspenso por dois jogos.

Quando o jogo começou, a polêmica não ficou do lado de fora. Foi para dentro do gramado. Logo aos 29 minutos, Fred foi expulso. O atacante, que já tinha amarelo por se desentender com Paulo Victor e Pará, levou o vermelho ao cair e pedir falta de Anderson Pico. O árbitro tratou o caso como simulação, o que revoltou o centroavante. Ao sair de campo, Fred desabafou: “O Campeonato Carioca tem que acabar!”.

O Flamengo construiu sua vitória com gols de Jonas, Alecsandro e Matheus Sávio. O goleiro Diego Cavalieri admitiu ter falhado nos dois primeiros, ao estar mal colocado nos chutes do volante e do atacante. No último, feito pela jovem promessa, a bola passou por entre as suas pernas.

O ombro de Luiz Antonio voltou a doer. O meio-campista, que já operou o local e mais de uma vez se lesionou nessa parte do corpo, saiu de campo de maca com muita dor ao deslocá-lo. Foi para os vestiários acompanhado pelos médicos rubro-negros e passará por exames para sabre a gravidade do problema.

Fonte: GloboEsporte