Telexfree: No Acre, empresa foi condenada por ter sido caracterizado o esquema econômico de pirâmide

O advogado Gabriel Santos divulgou em seu perfil no Facebook uma decisão da Justiça do Espírito Santo, que indica a execução de mais de dois bilhões e seiscentos milhões de reais referentes a débitos fiscais com a União, provenientes da empresa Ympactus Comercial, responsável pela TelexFree.

De acordo com Gabriel, como créditos fiscais têm preferência sobre outras operações da mesma natureza e o dinheiro retido da empresa em contas judiciais é de aproximadamente apenas R$ 600 milhões, a penhora deve trazer dias de dificuldade para os investidores da TelexFree que ainda não conseguiram recebem o dinheiro investido na empresa.

No Acre, a empresa foi condenada pela Justiça local por ter sido caracterizado o esquema econômico de pirâmide, previsto como crime nas leis fiscais e tributárias do país. Com informações O Alto Acre.