‘Katanga’ sofre segundo atentado a bala e escapa

A luta pelo controle do tráfico entre facções ainda continua na fronteira do Acre. Após assassinatos e confrontos com a polícia e cerca de uma semana, as ‘tocaias’ entre membros voltaram a acontecer.

Desta vez, por volta das 23 horas do último sábado (11), próximo a um bar onde havia muitas pessoas, no bairro Ferreira da Silva, parte alta da cidade de Brasiléia. Um velho conhecido da Lei e da Justiça, Ebeson Silva de Almeida (23), vulgo ‘Katanga’, voltou a ser protagonista.

Novamente, Katanga voltou a ser baleado por homens que passavam em uma moto em frente ao bar, para em seguida se evadirem do local tomando rumo ignorado. A vítima foi atingida por dois disparos, sendo um nas costas e outro no braço.

Os tiros teriam sido efetuados pelo garupa, sendo que um perfurou as costas alcançando um dos pulmões. Katanga foi socorrido por homens daPolícia Militar e terceiros, e conduzido ao hospital de Brasiléia, onde recebeu os primeiros socorros.

Devido o ferimento nas costas, Ebeson foi transferido para a Capital, onde passaria por cirurgia. Seu estado de saúde foi considerado estável, mas, não corria risco de morte.

Em tempo, Katanga já foi vítima de uma tocaia no mês de julho passado, onde foi atingido por duas vezes em uma das pernas e braço. Já no mês de fevereiro, foi preso com sua irmã, acusados de tráfico de drogas. Com informações O AltoAcre.