Auxílio do INSS são cancelados no Estado

Os auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) continuam com o processo de pente-fino. São 530.191 dos auxílios que não passaram por revisão há mais de dois anos e agora estão sendo revisados. O Governo Federal mantém o processo de convocação dos beneficiários para a revisão de auxílios. No primeiro semestre deste ano, o pente-fino do INSS definiu como prioridade os beneficiários de auxílio-doença com mais de 60 anos.

No Acre foram cessados com realização de perícia mais de 500 benefícios, totalizando 18,99% das perícias realizadas. No primeiro semestre do ano, foram contabilizados 230 benefícios cessados, ou seja, o número triplicou em comparação com a primeira pesquisa. Já os benefícios cessados por não comparecimento somam 313.

Para a segunda etapa nacional foram escolhidos os beneficiários de aposentadoria por invalidez que há mais de dois anos estão sem perícia. Serão convocados um milhão de aposentados por invalidez, começando pelos mais jovens, já os que possuem mais de 60 anos ficarão de fora.

Após a realização das perícias, os beneficiários que não mais se enquadram nos termos médicos, ou seja, que já estão aptos a voltarem para o trabalho ou faleceram, cessando o benefício.