Oi comunica a Anatel que foi alvo de atentado no Acre

A Oi comunicou ao Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel) que foi alvo de sabotagem por bandidos, entre os dias 2 e 3. Os assaltantes provocaram o rompimento do cabo de fibra ótica do trecho de Sena Madureira e Cruzeiro do Sul com o objetivo de evitar que o alarme da agência bancária de Sena Madureira fosse disparado.

Reprodução

A empresa de telecomunicações informou que o ataque ocorreu já na Regional do Juruá, no cabo que passa a margem da BR-364. O serviço foi interrompido duas vezes pelos mesmos acusados que voltaram ao local do reparo e tornaram a cometer o atentado, porque o assalto ainda estava ocorrendo.

A Oi disse a Anatel que nas duas situações o sinal foi reestabelecido de imediato, ainda na manhã de domingo. A sabotagem teria ocorrido entre os quilômetros 19 e 20, deixando todo o Juruá sem comunicação por meio de internet e telefone por cerca de três horas.

Os bandidos teriam tentado assaltar o Banco do Brasil, realizando um buraco em uma parede até chegar ao cofre, mas houve um erro no planejamento e eles saíram em outra sala, distante do cofre. O crime teria ocorrido entre 4 horas e 6 horas.

Alguns moradores relataram também o corte de energia elétrica durante parte da manhã.

Com o sistema de comunicação cortado, a polícia soube do crime depois das 6 horas e quando chegaram no local só puderam constatar os estragos deixados pelos bandidos.

Freud Antunes