ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Lançamento de editais abre o carnaval em Rio Branco

Com objetivo de organizar e democratizar os eventos do carnaval, a prefeitura de Rio Branco, através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), lançou nesta quarta-feira, 3, no Centro Cultural Lydia Hammes, quatro editais do Carnaval 2018: para blocos carnavalescos, para as bandas (grupos musicais, tradicionais, blocos e folguedos), para a Realeza (Rainha, Rainha Gay, Rainha Trans e Rei Momo) e para os bairros que quiserem realizar as festas. Os termos dos editais foram construídos pela FGB em conjunto com a comunidade carnavalesca.

om objetivo de organizar e democratizar os eventos do carnaval, a prefeitura de Rio Branco, através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), lançou nesta quarta-feira, 3, no Centro Cultural Lydia Hammes, quatro editais do Carnaval 2018: para blocos carnavalescos, para as bandas (grupos musicais, tradicionais, blocos e folguedos), para a Realeza (Rainha, Rainha Gay, Rainha Trans e Rei Momo) e para os bairros que quiserem realizar as festas. Os termos dos editais foram construídos pela FGB em conjunto com a comunidade carnavalesca.

om objetivo de organizar e democratizar os eventos do carnaval, a prefeitura de Rio Branco, através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), lançou nesta quarta-feira, 3, no Centro Cultural Lydia Hammes, quatro editais do Carnaval 2018: para blocos carnavalescos, para as bandas (grupos musicais, tradicionais, blocos e folguedos), para a Realeza (Rainha, Rainha Gay, Rainha Trans e Rei Momo) e para os bairros que quiserem realizar as festas.

Os termos dos editais foram construídos pela FGB em conjunto com a comunidade carnavalesca. om objetivo de organizar e democratizar os eventos do carnaval, a prefeitura de Rio Branco, através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), lançou nesta quarta-feira, 3, no Centro Cultural Lydia Hammes, quatro editais do Carnaval 2018: para blocos carnavalescos, para as bandas (grupos musicais, tradicionais, blocos e folguedos), para a Realeza (Rainha, Rainha Gay, Rainha Trans e Rei Momo) e para os bairros que quiserem realizar as festas.

Os termos dos editais foram construídos pela FGB em conjunto com a comunidade carnavalesca. om objetivo de organizar e democratizar os eventos do carnaval, a prefeitura de Rio Branco, através da Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB), lançou nesta quarta-feira, 3, no Centro Cultural Lydia Hammes, quatro editais do Carnaval 2018: para blocos carnavalescos, para as bandas (grupos musicais, tradicionais, blocos e folguedos), para a Realeza (Rainha, Rainha Gay, Rainha Trans e Rei Momo) e para os bairros que quiserem realizar as festas. Os termos dos editais foram construídos pela FGB em conjunto com a comunidade carnavalesca.