PF quer informações de investigação arquivada contra Temer

Polícia Federal pediu ao ministro Roberto Barroso para acessar dados de uma investigação contra Michel Temer, que apura o envolvimento do presidente em caso de pagamento de propina na área portuária. A apuração foi arquivada em 2011, pelo ministro Marco Aurélio Mello, a pedido do ex-procurador-geral da República Roberto Gurgel.

Foto: Reprodução

De acordo com a revista ‘Época’, o nome do emedebista aparece como investigado, assim como Marcelo Azeredo, ex-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

O delegado da Polícia Federal, Cleyber Lopes, responsável pela investigação contra o presidente da República, justifica o pedido alegando “o possível envolvimento de alguns dos personagens aqui investigados, para fins de esclarecimentos sobre os vínculos destes com a Codesp e empresas concessionárias da exploração de terminais portuários em Santos/SP”.

Até o momento da divulgação da reportagem, a Defesa de Temer ainda havia se pronunciado sobre o caso.