ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Muito glamour na eleição da realeza

Aberto oficialmente o Carnaval 2018 em Rio Branco. Sucesso absoluto, a Escolha da Realeza, nesta sexta-feira, 09, atraiu cerca de 3.000 pessoas ao Calçadão da Gameleira. Este ano, 18 candidatos participaram da etapa final para escolha da Rainha do Carnaval, Rainha Trans, Rainha Gay e Rei Momo. Gabriela Alencar foi eleita a Rainha do Carnaval e Júnior Lima o Rei Momo. “Demorou, mas chegou a minha vez. “Estou muito feliz. Obrigada a todos vocês”, disse a Rainha.

Eleita Rainha Trans, Rosi Endrix disse que a conquista do título foi uma boa surpresa. “Eu sabia que tinha candidatas fortes, mas fiquei feliz, me sinto gratificada”. Clara Cristina a Rainha Gay do Carnaval 2018, agradeceu o título com desejos de um “carnaval de paz, que todos possam se divertir com amor e alegria”.

Os troféus, capas e cetros foram entregues pelo presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), Sérgio de Carvalho, pela presidente da Fundação Estadual de Cultura Elias Mansour (FEM), Karla Martins.

Os eleitos vão reinar na cidade durante a quina carvalesca organizada pela FGB com apoio do Governo do Estado, por meio da FEM. Ao som do Bloco 6 é D+, do bairro Seis de Agosto, os candidatos mostraram seus atributos ao público que mesmo sob ameaça de chuva não arredou pé da Gameleira.

Para o diretor-presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, a Escolha da Realeza “abriu o carnaval com chave de ouro. O evento superou a expectativa e o trabalho está só começando. Todas nossas equipes continuam mobilizadas com o apoio ao Carnaval nos Bairros e no centro da cidade”.

Desde 2013, a Prefeitura apoia a realização de carnavais em bairros que já organizavam a festa, como o Tucumã, o Universitário e o Esperança, e fomentou a realização de outros, como Cadeia Velha e Aeroporto Velho. A ação descentralizou a festa e os serviços públicos. Este ano as festas acontecem, em 14 bairros e no Mercado Velho, no centro da cidade.

A presidente da Fundação Elias Mansour, Karla Martins, destacou a importância do trabalho em parceria e a descentralização da realização do evento. “É o povo fazendo a festa como deve ser, com todo o apoio do Governo, da Prefeitura. Há todo um aparato com equipes da saúde, segurança, cultura, para que seja um carnaval de alegria, paz e felicidade”.

Da Assessoria

Fotos Assis Lima/DECOM