Manaus encara Rio Branco pela 2ª fase da Copa Verde

O jogo válido pela segunda fase da Copa Verde será realizado nesta quarta-feira (7), às 20h30, na Arena da Amazônia, em Manaus. A partida de volta será no dia 18 de março, na Arena da Floresta, no Acre.

Passando por um momento difícil e de mudanças, depois da demissão do técnico Cristian de Souza, após a derrota para o Galvez por 3 a 1, pela semifinal do Campeonato Acreano, a diretoria do Rio Branco efetivou interinamente o preparador físico Jader de Andrade, para sequência da temporada.

O Estrelão desembarcou no final da manhã desta terça-feira (6), na capital amazonense. No final da tarde, o time realizou um treino no Centro de Treinamento (CT) Barbosa Filho, Zona Leste da cidade. Para Jader de Andrade, a partida é muito difícil em comparação a equipe titular.

 

“Nós temos alguns desfalques, jogadores lesionados. Vamos fazer algumas substituições, mas nada que mude a estratégia de jogo ou o modo de jogar, a forma de atuar em campo”, explicou.

Manaus

 

Na primeira fase, o Gavião do Norte enfrentou o Clube do Remo-PA. Depois de dois jogos, o time conseguiu sua classificação, quebrando um tabu que perdurava desde o início da competição. Nenhuma equipe amazonense havia vencido os paraenses até então.

Depois de perder a chance de disputar a final do primeiro turno e empatar na estreia do returno, o Manaus tem pela frente mais um desafio no cenário nacional. Agora, o adversário é o Rio Branco, uma das equipes tradicionais da região Norte, inclusive já disputou o Brasileiro da Série C.

Funcionário do clube, com passagem pelas categorias básicas como treinador e auxiliar,  Igor Cearense, tem pela frente, nesse curto espaço de tempo, uma partida decisiva. Para ele, todo cuidado é pouco, pois é uma competição totalmente diferente do estadual.

Em Tempo