Novo medicamento contra o HIV estará disponível em maio

Coordenadores de IST/Aids e Hepatites Virais e profissionais da saúde de 16 estados brasileiros participaram na última semana da capacitação de mais um esforço para erradicar a Aids no Brasil.

Trata-se da disponibilização do medicamento Profilaxia Pré-Exposição (PrEp), um novo método de prevenção à infecção pelo HIV. Isso é feito tomando diariamente um comprimido que impede que o vírus causador da Aids infecte o organismo antes de a pessoa ter contato com o vírus.

O Acre esteve presente à capacitação, realizada em Brasília, que discutiu a oferta do medicamento para a população mais vulnerável ao HIV.

A medicação é mais uma alternativa de prevenção combinada adotada pelo Ministério da Saúde.

No encontro de dois dias na capital federal, também foram discutidos os desafios enfrentados pelos estados e as ações estratégicas que devem ser desenvolvidas ao longo do ano.

Segundo o coordenador de IST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Nelson Guedes, a previsão é de que a medicação seja disponibilizada a partir de maio.

“O Ministério da Saúde pactuou com a Organização Mundial de Saúde [OMS] a eliminação do HIV no Brasil até 2030. Com isso, a PrEp é mais uma alternativa de prevenção combinada, e nesse primeiro momento será ofertada à população-chave definida pelo Ministério da Saúde, que são os homossexuais e trabalhadores do sexo, mas o intuito é de que, futuramente, também possamos disponibilizar a medicação para toda a população”, destaca Guedes.