Governo implementa padaria como medida socioeducativa para menores infratores

O grupo do ISE apresentou o resultado do trabalho na padaria (Foto: Sérgio Vale/Secom)

Como atividade para ressocialização, socioeducandos trabalham em padaria no Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), produzindo cerca de 700 pães por dia. A medida faz parte de diversas outras ações que contribuem para dar uma oportunidade de conhecimento técnico e um possível emprego para os jovens ao cumprirem a pena.

Na manhã desta quinta-feira, 17, o governador Tião Viana recebeu o presidente do ISE, Antônio Azevedo, acompanhado de Raimundo Nonato e Alessandra Diniz, diretores dos centros socioeducativos Acre e Mocinha Magalhães, respectivamente. Eles apresentaram o trabalho que está sendo realizado, além de tratar do planejamento de novas ações para fortalecer as medidas educativas.

“Os socioeducandos, junto com o padeiro responsável, fabricam 700 pães diariamente, que são servidos no café da manhã e na ceia da noite para todas as unidades de Rio Branco. Com esse apoio, eles já tem uma profissão na mão, isso ajuda muito na busca de emprego lá fora”, afirmou Nonato.

Já na unidade Mocinha Magalhães, as jovens participam de uma horta que abastece as refeições e fornece verduras para serem vendidas também. Na reunião com o governador, foram planejadas novas iniciativas, como o trabalho de estética com um salão de beleza e uma sorveteria. “As adolescentes poderão ter uma profissão ao sair. Em nossa Unidade, elas são muito interessadas, poderão ter uma vida diferente, conseguindo uma renda com o que aprendeu lá dentro”, afirmou Alessandra.

O Acre conta com oito Centros Socioeducativos, sendo quatro somente na capital e os demais em Sena Madureira, Cruzeiro do Sul, Feijó e Brasileia. Durante toda a gestão de Tião Viana, diversas ações sociais e educativas são oferecidas constantemente, dando uma oportunidade de os jovens buscarem um novo caminho.

Desde o projeto Som da Liberdade, que oferece o ensino da música, até a realização de eventos como o “Arraiá da Paz e Alegria” e as datas comemorativas dos Pais e das Mães. Ainda há a parceria com o Departamento de Trânsito do Acre (Detran), que acolhe 50 adolescentes do ISE para atuarem como orientadores de trânsito na capital. Outra oportunidade, é a oficina de artesanato, oferecida por Fábio Silva, que já tem trabalhos reconhecidos por todo o Brasil.