ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Operação integra forças de segurança no combate a crimes na fronteira

Coibir a incidência de crimes transfronteiriços é o desafio das instituições que integram as forças de segurança estaduais e federais no Acre. A prova de que o trabalho em conjunto dá certo são os resultados já obtidos durante operação no Alto Acre iniciada na última terça-feira, 19, com a prisão de sete pessoas, uma arma de fogo recuperada e drogas apreendidas.

(Foto: Cedida)

A ação está sendo coordenada pelo secretário adjunto de Integração Operacional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), coronel Glayson Dantas, e envolve Polícia Civil, Militar,  Federal, Exército Brasileiro, além da Policia Nacional Boliviana (PNB).

De acordo com Dantas, durante visita nesta quarta-feira, 20, ao Sexto Distrito Naval da Marinha, em Pando, a execução dessas operações tende a ser intensificada, com vistas à repressão de crimes fronteiriços, principalmente o tráfico de drogas e de armas. “Forças policiais e Exército estão operando do lado brasileiro e dando suporte à Polícia Nacional Boliviana com intervenções imediatas mediante necessidade ou solicitações”, explica.

O tenente-coronel da Polícia Militar do Acre, Estene Barbosa, comandante de toda a região fronteiriça do Alto Acre, completou: “Os frutos colhidos na operação já são excelentes, tendo em vista que assim como o crime trabalha sincronizado, as polícias junto com o Exército e Aeronáutica também estão irmanadas, primando pela troca de informações e de experiências, prestando o apoio, inclusive, de logística um ao outro. Estamos todos empenhados para combater o mesmo inimigo, que é o crime, unindo forças para que o cidadão de bem possa ter o direito de ir e vir com segurança”.