Acidentes na fronteira

Final de semana na fronteira até as 19h00 deste domingo, dia 5, véspera do dia da Revolução Acreana, não anotou nada grave na área policial, ficando apenas dois registros de acidentes envolvendo veículos da cidade de Brasiléia na BR 317, próximo a capital do Acre.

 

O primeiro foi registrado na tarde de sábado, dia 4, quando o radialista e pastor, José Alves de Moraes (63), que estava na companhia de mais dois amigos, se deslocavam para a Capital, quando foram surpreendidos por um homem em uma moto que se chocou frontalmente com seu veículo.

“Graças a deus que estávamos em pouca velocidade. Já estávamos passando de Senador Guiomard quando de repente, uma moto cruzou a estrada indo rumo ao carro e bateu na frente. Foi muito rápido e nada pude fazer”, disse o pastor que ficou no local para prestar ajuda e esclarecimento às autoridades. Ninguém no carro sofreu ferimentos.

O piloto (não identificado) sofreu escoriações pelo corpo após bater no carro e cair na BR, sendo socorrido momentos depois pelo SAMU e conduzido para uma unidade de pronto atendimento na Capital. A moto incendiou e foi dado o perdimento total.

Já na manhã deste domingo (5), um taxi lotação da cidade de Brasiléia modelo Chevrolet, placas OLY 2820, que também estava entre os municípios de Senador Guiomard e Rio Branco, perdeu o controle no local conhecido como “curva das mangueiras”, indo a capotar ficando com as rodas para cima.

Todos os ocupantes, o motorista e os passageiros que não tiveram os nomes divulgados, apenas dois teriam sofrido pequenos arranhões, todos saíram sem maiores problemas. O veículo teria derrapado na curva que estaria molhada, já que no momento chovia e tinha várias poças de água.

Os passageiros continuaram sua viajem para casa, e o motorista teria comentado que o seguro iria cobrir o prejuízo do acidente. O carro foi guinchado para a oficina.