Petrobras reajusta em 8,5% do gás de cozinha

O preço do gás de cozinha foi novamente reajustado pela Petrobras nesta terça-feira (6). O Sindigás, que representa as empresas distribuidoras, afirmou que os preços devem aumentar entre 8,2% a 9%, no caso do GLP para embalagens de até 13 kg.

O novo aumento de preço para consumo residencial representa em valores R$ 25,07, um reajuste de R$ 1,97 por botijão. No ano, a alta acumulada é de 2,8%. Desde janeiro, a estatal reajusta o botijão de gás trimestralmente. No caso do GLP empresarial, os preços no mercado aparecem 52,4% maior em comparação com o gás de cozinha.

A decisão da Petrobras amplia as dificuldades para milhões de famílias pobres de garantir o uso permanente do botijão de gás de cozinha. Informações Blog do Esmael.