47% dos consumidores do Acre não pagam conta de água

A inadimplência de consumidores acreanos com o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) é de 47%. Desde julho deste ano, os grandes devedores, com dívidas acima de cinco mil reais, estão sendo acionados na justiça.

Reprodução

Levantamento da autarquia mostra que 112 consumidores devem acima de 20 mil reais e outros 260 têm dívida entre 10 mil e 20 mil reais. São quase oito milhões de reais em dívidas. Segundo o diretor-presidente do Depasa, Moisés Diniz, a arrecadação é menor do que os custos.

“A nossa arrecadação mensal hoje gira em torno de 2,5 milhões. Nós gastamos só com produto químico, por mês, 2 milhões de reais.  E nós não temos como aumentar o preço da água porque a população é muito pobre”, afirma.

Para o diretor, uma das hipóteses para a alta taxa de inadimplência está associada a uma questão cultural.  Diniz explica que em dezembro os consumidores com dívida inferior a 5 mil reais poderão negociar o débito com possibilidade de desconto e parcelamento.

Estudo do Depasa também mostra que 60% da água no Acre é desperdiçada. Os consumidores são responsáveis pela maior parte, 33%. Outros 20% de desperdício são ocasionados por problemas na tubulação.

O Depasa atende todos os 22 municípios do Acre. São 111 mil ligações, das quais 69 mil têm hidrômetros instalados. Com informações EBC.