Navios alemães socorrem 400 na costa italiana

imigantes

Dois navios da Marinha alemã socorreram nesta sexta-feira (8) cerca de 400 imigrantes no Mediterrâneo, anunciou o governo alemão.

Na primeira destas operações, 200 imigrantes, dos quais se desconhece a procedência, estavam em uma “embarcação de madeira” a “250 km ao sul de Lampedusa”, declarou à imprensa um porta-voz do ministério alemão da Defesa.

“Por volta das 9 horas recebemos uma chamada de emergência” das autoridades italianas para informar que um barco havia pedido ajuda, disse.

A fragata “Hessen”, que patrulha há alguns dias o Mediterrâneo, e o navio de abastecimento “Berlin” se deslocaram ao local.

Posteriormente, em uma segunda operação, o “Berlin” socorreu 180 pessoas mais que estavam em botes de borracha, a 70 km da costa líbia. Tampouco se divulgou a procedência dos imigrantes.

Os dois navios alemães entraram em ação na manhã de terça-feira em um setor marítimo situado entre a Líbia e a Itália, para apoiar às autoridades italianas em suas operações de socorro marítimo.

Durante os últimos 18 meses, mais de 5 mil pessoas morreram no Mediterrâneo ao tentar chegar à Europa.