Bilionário chinês paga viagem para 6,4 mil funcionários

chines_viagem3
Um bilionário chinês não tomou conhecimento de crise econômica e decidiu enviar 6,4 mil funcionários de seu conglomerado de empresas para passar quatro dias de férias na França. Li Jinyuan, chefe do Tiens Group, que atua no ramo farmacêutico, também foi junto e chegou a desfilar em carro aberto por algumas cidades por onde o grupo passou.
France-China-Tiens-Company-GV526L583.1
Um porta-voz do Ministério das Relações da França já havia informado que, para tal tarefa, o chinês já teria reservado 140 hotéis no país. Nos últimos dias, a multidão visitou Paris, formou filas quilométricas no Louvre e ocupou a cidade. Segundo relata o jornal Daily Mail, todos eles também conheceram de perto a Cote D’Azur, no litoral e conhecida como a Riviera Francesa. Lá, um dos locais mais luxuosos do mundo, Li Jinyuan alugou 4,760 quartos em 79 hotéis (quatro ou cinco estrelas). O empresário também desfilou em carro aberto, acenando, cumprimentando os moradores e funcionários e tirando selfies.
chines_viagem1
Segundo o jornal The Guardian, a viagem do grupo de 6.400 pessoas (metade dos funcionários do conglomerado) não saiu barata: 13 milhões de euros (aproximadamente R$ 43,6 milhões) foram gastos. O objetivo da viagem era comemorar os 20 anos da Tiens. Em Cote d’Azur, os funcionários se organizaram e alinharam-se para formar o nome da empresa (visto de cima). De acordo com o Daily Mail, representantes do Guinness, livro dos recordes, também estavam lá para avaliar se essa poderia ser considerada a maior viagem corporativa.