ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Justiça suspende diplomação de deputados eleitos presos

A Justiça do Eleitoral do Acre votou a favor da liminar ajuizada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e suspendeu provisoriamente a diplomação do presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco e deputado federal eleito preso, Manuel Marcos, e da deputada estadual Dra. Juliana Rodrigues.

A votação da liminar ocorreu nesta terça-feira (18), pela corte do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC). O MPE entrou com a liminar pedindo a suspensão da diplomação dos deputados, marcada para esta quarta-feira (19), após a Operação Santinhos, da Polícia Federal do Acre (PF-AC), que prendeu os dois.

O advogado Kaio Marcellus, que defende a deputada e os filhos dela, confirmou que a suspensão é provisória e cabe recurso. “A defesa está analisando as melhores medidas a serem adotadas”, resumiu.

A operação investiga o desvio de mais de R$ 1,5 milhão do fundo eleitoral. Além dos parlamentares, mais seis pessoas foram presas preventivamente. Entre eles está o diretor do Procon do Acre e filho de Juliana, Diego Rodrigues, e Yargo Rodrigues, também filho da deputada.

O TRE-AC informou que a maioria da corte votou a favor da suspensão dos parlamentares. Ainda segundo a Justiça, a diplomação fica suspensa até o final da Ação de Investigação Judicial eleitoral (AIJE).