Quadro é vendido por 160 mi de euros em 11 minutos

Foram necessários apenas 11 minutos para um comprador desembolsar mais de 160 milhões de euros para adquirir a obra “Les Femmes d´Alger” (em português, “Mulheres de Argel”). O quadro foi pintado por Pablo Picasso em 1955. O preço bateu recordes e é agora a peça de arte mais cara de sempre vendida em leilão.

A venda aconteceu esta terça-feira na Casa Christie’s de Nova Iorque e era há muito aguardada, com estimativas que apontavam para um valor de compra na ordem dos 125 milhões de euros. As expetativas foram em muito superadas, tendo originado um renhida disputa entre licitadores via telefone.

A obra do pintor espanhol superou o recorde absoluto que pertencia a “Três estudos de Lucian Freud”, de Francis Bacon, vendido por 142,4 milhões de dólares (cerca de 128 milhões de euros) também pela Christie’s, em 2013, em Nova Iorque.

Pintado em 1955, "Les Femmes d´Alger" tornou-se o quadro mais caro de sempre. O leilão aconteceu em esta terça-feira em Nova Iorque.

Pintado em 1955, “Les Femmes d´Alger” tornou-se o quadro mais caro de sempre. O leilão aconteceu em esta terça-feira em Nova Iorque.