Coluna Bom Dia

Eleição

Depois de toda a movimentação política, foi um verdadeiro anticlímax eleição para a presidência da Assembleia, Só houve duas posições divergentes, o deputado Roberto Duarte, com o ego ferido, por se julgar importante demais e a deputada Meire Serafim, que comprovou que o mandato não lhe pertence e sim a seu marido, prefeito de Sena Madureira.

Eclética

A composição da mesa ficou eclética, contemplo os principais partidos, foi da esquerda à direita e provou que a renovação era possível e desejada. A Assembleia tem todas as condições para escrever uma nova história na democracia acreana.

Composição

A composição da nova mesa ficou da seguinte forma: Nicolau Junior (PP) como presidente, Jenilson Leite, do PC do B, como vice-presidente, Luiz Gonzaga (PSDB), primeiro-secretário, e Antônia Sales (PMDB) na segunda-secretaria. O segundo vice-presidente da Aleac é o deputado Antônio Pedro (DEM), Jonas Lima, do PT ficou com a terceira-secretaria, Whendy Lima (PSL) foi eleito quarto-secretário e Chico Viga (PHS) o quinto-secretário

Chulo

Chulo e malcriado foi o desabafo do Prefeito Mazinho Serafim, a respeito do líder apontado pelo governo, seu desafeto Deputado Gehlen Diniz. Mazinho disse com todas as letras que ele não é líder de bosta nenhuma e que na sua esposa, a deputada Meire Serafim, ele não mandaria.

Guerra

O prefeito resolveu comprar guerra aberta com o governo. Mas terá poucos soldados na linha de frente de suas batalhas. Até mesmo a oposição mais radical deve dar uma boa trégua ao governo, impressionada com a difícil situação do Estado

Base

Como exemplo, o Deputado Luiz Tchê já avisou que seu PDT deve ir para a base do governo. Com isso, Gladson tem mais confiança na sua ampla maioria na Assembleia e o apoio de mais um deputado federal, Jesus Sérgio.

Na carne

 O deputado Nicolau Junior declarou que vai trabalhar por um Parlamento Unido e que enxugará as despesas “com abnegação de todos para tirar lacre do fundo do poço”. O aviso está dado Nicolau vai trabalhar com o entendimento e o apoio de seus pares.

Crise

“Estamos no meio de uma crise e precisamos cuidar dos gastos. Vou enxugar tudo que puder para dar o melhor uso possível aos recursos públicos. o Acre está no fundo do poço por dívidas e precisamos nos unir para superar este momento”. O novo presidente não poderia ser mais claro.

MDB

Já está passando da hora do MDB a juntar os cacos e fortalecer o partido. Ninguém mais sabe quem fala pela legenda. Na Assembleia, dos três deputados, cada um tem interesse próprio e vai cuidar da sua própria vida. Assim fica difícil.

Fim da rebelião

O ex-prefeito Vagner Sales conseguiu até mais do que poderia pensar, com a filha deputada Federal, a esposa na mesa diretora da Assembleia, ele próprio nomeado como articulador político para o Juruá e seu filho com um cargo no segundo escalão. Só faltou empregar o papagaio da casa.

Resposta

O governador Gladson Cameli descobriu que não pode adiar nem mais por um dia a solução para o problema da Segurança Pública. Como se não bastasse a guerra sem trégua das facções, o governo tem que conviver com a batalha surda entre as polícias, entre grupos que se acusam e se destroem dentro das Corporações. Não é possível tolerar isso.

Ordem

Por isso, a ordem do governador foi Clara ontem. Gladson chamou o secretário de segurança, paulo César quem falou “que do jeito que está não pode continuar. Tem que melhorar com urgência, piorar é que não pode.Precisamos de ações emergenciais que devolva aos acreanos a paz necessária para viver”, É bom que todos levem a sério essa determinação.

Ação

A polícia tem realizado ações importantes nos municípios para conter o crime organizado. Mas se não agir com rigor máximo na capital, onde as coisas repercutem mais, a sensação de insegurança não desaparecerá. É fundamental que o governo dê uma solução rápida para o problema, que foi uma das promessas mais importantes da campanha.

Sentença

O tribunal do crime teria sentenciado o delator e Informante da polícia, citado no caso do tenente Farias à morte. Com isso, pretende dar a entender que não colabora e não coaduna com as denúncias de cooptação de policiais. Simplesmente, não se pode acreditar nisso. Claramente, é uma cortina de fumaça para encobrir situações espúrias e lamentáveis.

Destaque

O portal UOL fez reportagem especial com os deputados mais votados de cada estado. Do Acre, estava lá a deputada Mara Rocha, que pretende focar seu mandato no apoio aos produtores e ao agronegócio. Foi destacada sua vivência no jornalismo e sua ligação com o presidente Bolsonaro. Há muita expectativa acerca do mandato de Mara Rocha.

Não foi

A alegada candidatura do senador Petecão a presidência do senado não aconteceu. O PSD, fortalecido com novas adesões, acabou dividido entre vários candidatos, mas em nenhum momento ontem se falou seriamente na possibilidade de Petecão concorrer ao cargo. Foi apenas uma bravata.

Cacos

Outro partido que precisa a juntar os cacos é o PT. Parece literalmente a casa da mãe Joana. Brigas e desentendimentos por todos os lados, pessoas abandonando o partido, fingindo que nunca foram às manifestações nem botaram a estrelinha no peito, uns poucos gatos pingados defendendo bandeiras que já não encontram repercussão. Enfim, o PT no Acre precisa se reinventar.

Vereadores

Os vereadores João Marcos, do MDB e Sandra Asfury, do PSC, assumiram o mandato ontem. A câmara municipal deve-se posicionar a respeito das recentes mudanças acontecidas na prefeitura. É de se aguardar.

Açaí

Caiu como uma bomba entre a população de Rio Branco a notificação da Secretaria Municipal de Saúde de que pode ter ocorrido contaminação em quem consumiu açaí adquirido nas proximidades do mercado Municipal Elias Mansour nos meses de novembro e dezembro de 2018, além de janeiro de 2019.

Geral

O consumo de açaí é alto em Rio Branco é grande parte desse consumo é feito em bares, lanchonetes e sorveterias. Difícil, portanto, saber onde o açaí que você consumiu foi comprado.

Prevenção

Diante da gravidade do fato, a prefeitura está convocando a população a realizar exames preventivos a partir da segunda-feira, 4, no Hemoacre.

Sem pânico

O assunto rapidamente se espalhou pelas redes sociais e gerou muito temor no cidadão. Espera-se para segunda uma grande procura pelos exames que serão feitos gratuitamente no sistema público.

Chagas

Uma das doenças mais graves caudadas pelo açaí é a doença de Chagas. Trata-se de uma doença grave e precisa ser combatida com rapidez.

Controle

Esse caso nos arredores do Mercado Elias Mansour mostra a necessidade de se ter um controle mais rigoroso dos produtos que são vendidos nos mercados locais. A população não pode correr esses riscos sem que o poder tome providências.

Navalha

A enxurrada de demissões no Ministério Público Estadual fechou o centro de apoio à vida que concentrava as políticas de apoio à comunidade LGBT.

Reclamações

A decisão, que gerou demissão de toda a equipe, gerou manifestações das entidades que atuam na defesa da comunidade LGBT, a quem caberá agora cuidar dos casos de homofobia, atentado à vida dos seus membros.

Abertura

Os trabalhos na Assembleia Legislativa serão reiniciados na próxima terça-feira e aguarda-se com grande expectativa o comportamento na tribuna da Casa da deputada Meire Serafim, esposa do prefeito de Sena Madureira Mazinho Serafim.

Oposição?

A dúvida é saber se Meire, parlamentar mais votada na eleição passada, vai mesmo integrar a bancada de oposição e, em se confirmando, quanto tempo vai permanecer nessa condição.

Posse

Deputado federal Alan Rick (DEM) tomou posse ontem em seu segundo mandato com ações importantes junto às autoridades sem Brasília na defesa dos estudantes acreanos formados em medicina no exterior.

Causa

Alan Rick tem sido um grande defensor da causa dos acreanos que estudam na Bolívia e já conseguiu vitórias importantes para o grupo no programa Mais Médicos.

Novo ciclo

A ação de Alan Rick visa garantir a presença desses profissionais no novo ciclo do Mais Médicos com a saída dos cubanos, além das negociações para que sejam realizados pelo menos dois programas de Revalidação dos diplomas já a partir deste ano.

De volta

Rodrigo Forneck, vereador do PT que manteve um mandato bem apagado nos últimos dois anos, voltou com todo o gás para a vereança. A oposição faz bem a ele.

Defesa

Ontem mesmo Forneck encaminhou às redações – contratou até assessor de imprensa – release dizendo estar acompanhando de perto o despejo de famílias de uma invasão na Amadeo Barbosa.

Velha causa

Há tempos parlamentares petistas não davam tanta atenção à causa das famílias que proliferam por invasões no entorno da capital. Aliás, a defesa dos moradores de invasões, onde o PT sempre autuou quando era oposição, foram esquecidas nos últimos 20 anos. Que bom que voltaram a ter voz.