ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Coluna Bom Dia

Não vai

O secretário de Educação, professor Mauro Cruz vai ficar com as recomendações do Conselho Nacional de secretários de educação e não vai adotar ordem de divulgação de slogans do governo Bolsonaro e a gravação de crianças cantando o hino nacional, connforme havia sido pedido pelo ministério.

Unânime

A decisão do Conselho dos secretários de Educação foi unânime e, com base na  Constituição e na lei de diretrizes e bases da educação, o conselho de secretários decidiu não ler o documento enviado pelo Ministro colombiano, exigindo que os alunos entoem slogans do governo em sala de aula.

Gravação

Dá mesmo, Mauro Cruz concorda com os secretários de que é ilegal a gravação de estudantes, sem consentimento dos pais, para fruto de propaganda. A recomendação não será aplicada no Acre. Ontem, o ministro reconheceu no Congresso que sua intenção foi um erro.

Cooptação

Começou a temporada de caça às lideranças políticas do estado, já de olho nas eleições do próximo ano. Cada partido procura e os alvos entre os expoentes de siglas menores ou aqueles que foram abandonados no meio do caminho da política.

Assédio

Um dos alvos preferidos do assédio é o PV. O partido não conseguiu superar a cláusula de barreira e está em uma situação muito delicada. Não terá direito a verbas do fundo partidário, tempo de TV ou dinheiro para organização. Elegeu apenas uma deputada Federal em Roraima, que se prepara para deixar a legenda.

No Acre

No Acre, além do ex-candidato senado Minoru Kinpara, que está tendo tapetes desdobrados a seus pés para uma nova escolha partidária, o outro alvo é o deputado estadual Fagner Calegário.

Abordagem

Ontem, uma comissão notáveis do MDB visitou o gabinete de Calegário para convidá-lo oficialmente a entrar na legenda. Calegário se disse honrado, mas pediu um tempo para consultar as bases e estabelecer a forma de sair do PV.

Sem chance

O deputado esclareceu que não há chance dele ficar no seu partido. Há questões irreconciliáveis de visão política e ele quer entrar para a base do governo, onde acredita que poderá fazer mais em seu mandato. Se a oposição ainda contava com o deputado Calegário, pode tirar o cavalinho da chuva.

Outro

Mas não é só o MDB que quer Fagner Calegário. O Deputado José Bestene também o procurou, em nome do PP, para tentar levá-lo para reforçar a legenda. Fagner pediu tempo para resolver.

Audiência

O que de início seria uma convocação para a presença da Secretaria da Fazenda na Assembleia para explicar o decreto 536, sobre as condições de licitação estado, de autoria do deputado Edvaldo Magalhães, foi transformado, de modo correto, em um convite. Menos agressivo, deve merecer atenção da secretária.

Decreto

O decreto é o que determina as condições para a formação de preços nas licitações e os empresários acreanos consideram que foram prejudicados. Um encontro e o diálogo franco podem ser a solução para tirar dúvidas e acabar com os problemas.

Convocação

Ontem, a capital ficou em polvorosa por conta de uma fake News que dizia que o governo estaria convocando todos os homens para o alistamento militar obrigatório, em razão de uma suposta ameaça de guerra na Venezuela. Claro que o assunto era falso

Engraçado

Mais engraçado era o meme e a piada que também circularam, de um suposto bilhete deixado por um marido para esposa, dizendo que estava indo para Fronteira da Venezuela defender o Brasil mas que estaria de volta em  casa na quarta-feira de Cinzas. A desculpa é melhor que a fake News.

Fica

A justiça de Rondônia, no TRT, confirmou a eleição do empresário José Adriano na Fieac. Desta forma, acabaram as esperanças do grupo de oposição. A eleição foi confirmada.

Posse

A posse da nova diretoria daqui acontecerá no dia primeiro de julho, assim que acabar o atual mandato.

Impacto

Muito comentadas as notas da coluna de ontem sobre o pilantra da TelexFREE que está com novos negócios no Acre e no Brasil. As pessoas se perguntam como um notório falsário e estelionatário desses ainda consegue estar livre, atuante e boquirroto nesse país.

OAB

O presidente da Assembleia, estado, deputado Nicolau Júnior prestigiou a posse da nova Diretoria da OAB no Acre. Muito bom este relacionamento interinstitucional.

Comissões

Como na semana de carnaval o brasileiro só quer saber de comissão de frente de escola de samba, os nomes que comparam as comissões da Assembleia Legislativa só devem ser conhecidos mesmo na Quaresma. Afinal, ninguém é de ferro.

Negociação

Ainda com relação à cooptação de políticos, o Governo está levando para sua base o PDT. Já estão sendo negociados os cargos e as condições. A oposição tende a explodir na Assembleia Legislativa.

Redes

Muito comentadas também são as postagens do governador Gladson Cameli nas redes, em que defende suas ações na área de segurança e o fato de, mais uma vez que, pagar os salários em dia. O governador está sabendo usar as redes sociais

Pagamento

Em vídeo publicado em suas redes sociais no início da noite de ontem, o governador Gladson Cameli anunciou o pagamento dos salários dos servidores públicos nesta quinta-feira, 28, além de parte do pagamento do 13° de 2018.

Escalonamento

Cameli lembrou que a parte do 13° refere-se ao escalonamento feito pela sua gestão que visa priorizar os servidores com menores salários em primeiro lugar.

Investimento

O pagamento desta quinta-feira vai beneficiar de 10,1 mil funcionários que têm a receber até R$ 1 mil do residual do décimo terceiro.

Maioria

Estes servidores representam 32,1% do total de funcionários que ficaram sem a remuneração extra em dezembro. Ou seja, é a maior parcela de beneficiados com o pagamento integral da parcela devida.

Mais uma parcela

Já em março, será a vez do governo de Gladson Cameli  pagar os servidores que recebem entre R$ 1.000,01 e R$ 2.100,00. Já quem ganha entre R$ 2.100,01 e R$ 2.400,00 receberá em abril.

Prioridades

Gladson Cameli tem feito grande economia na estrutura financeira do Estado para garantir o pagamento do salário dos servidores. E tem conseguido bons resultados.

Engajamento

Ontem, o vídeo de Gladson anunciando o pagamento dos salários de fevereiro e do décimo bombou nas redes sociais e trouxe alívio para os servidores.

Necessidades

Pena que tenhamos chegado a esse ponto nas contas públicas. O servidor não precisava passar por isso. Quem trabalha merece e deve receber seu salário em dia.