ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Justiça condena trio que espancou homem até a morte

Um crime ocorrido no mês de abril de 2017, onde um homem foi espancado até a morte, teve seu final no final do dia desta segunda-feira, dia 11, quando o Tribunal do Júri do Município de Brasiléia sob o comando do Juiz de Direito, Drº Clovis Lodi, proferiu a sentença dos acusados.

Antonio Costa de Souza, deverá cumprir 12 anos de reclusão; Lucas Babosa Bandeira, quatro anos e Ronaldo Ferreira de Souza, condenado a 16 anos. Estes foram condenado pelo assassinato de Cícero Carneiro da Silva, na época com 45 anos, quando foi espancado no Bairro Eldorado e não resistiu aos ferimentos.

Foi comprovado, segundo o promotor do caso, somente um não teve participação direta, enquanto dois queriam mesmo assassinar Cícero. Acredita que o trabalho até o resultado final, foi satisfatório no tocante à Justiça em relação ao caso, onde os envolvidos deverão cumprir suas penas perante a sociedade.

Para o advogado de defesa, comentou que o julgamento foi dentro dos trâmites permitidos no que a Lei permite. O réu Lucas foi beneficiado pela pena de quatro anos e dois meses, iniciando no semiaberto, por ser réu confesso e primário.

Juiz Clovis Lodi, comentou que os trabalhos do Judiciário de 2019 em Brasiléia estão abertos e o próximo está marcado para o mês de maio, dia 9. Agradeceu a Promotoria e advogados, juntos com os demais envolvidos no trabalho.