ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

As melhores operadoras no pré e pós-pago, segundo Anatel

A Anatel divulgou os resultados da Pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida para 2018. A agência entrevista milhares de clientes de telefonia pré-paga e pós-paga para saber a opinião dos brasileiros sobre as operadoras. Mais uma vez, as concessionárias regionais — Nextel, Sercomtel, Algar e Porto Seguro — receberam as melhores notas, enquanto TIM e Oi ficaram na lanterna.

As notas variam de 0 a 10 e consideram diversos aspectos: satisfação geral, disponibilidade de internet, velocidade de conexão, qualidade das ligações, qualidade do atendimento telefônico, entre outros. Há também o critério “recarga” no pré-pago e “cobrança” no pós-pago. Vale lembrar que a Anatel considera planos controle como pós-pago.

É importante notar que esta é uma pesquisa de opinião. Ou seja, a Anatel não considera medições de velocidade de 4G nem índices de atendimento ao cliente, por exemplo: ela quer saber a percepção dos próprios usuários em relação à qualidade do serviço.

Ou seja, a agência basicamente pergunta aos entrevistados: “o que você acha da operadora X?”. Claro, há um questionário para abordar todos os aspectos — ligações, internet, atendimento etc. — e uma metodologia para escolher a quantidade e o tipo de pessoas para a pesquisa.

Pré-pago

Levando isso em conta, essas são as notas médias de cada operadora no pré-pago:

  • Nextel: 8,01
  • Sercomtel: 7,78
  • Algar: 7,48
  • Claro: 7,40
  • Vivo: 7,17
  • TIM: 7,11
  • Oi: 6,98

Apesar de terem as menores notas, as quatro principais operadoras — Claro, Vivo, TIM e Oi — tiveram o maior aumento na média das avaliações, como você pode conferir na tabela abaixo.

A Anatel também oferece uma análise separada por estados. Em quais deles cada operadora conseguiu a maior nota? Essa é a lista:

  • Vivo: Alagoas, Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Tocantins
  • Claro: Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Roraima, Sergipe
  • TIM: Acre, Distrito Federal, Rondônia, Rio Grande do Sul
  • Oi: Amazonas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul
  • Nextel: Rio de Janeiro, São Paulo
  • Algar: Goiás, Minas Gerais
  • Sercomtel: Paraná

Vale lembrar que a Nextel atua somente no Rio de Janeiro e em São Paulo. A Sercomtel está apenas no Paraná, enquanto a Algar oferece serviços de telefonia pré-paga em Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Pós-pago

No pós-pago, a história se repete: as operadoras com atuação limitada têm notas maiores, em média. Em primeiro lugar está a Porto Seguro, cuja base de clientes será migrada para a TIM. A empresa desistiu das telecomunicações para “concentrar esforços em negócios que alcancem diferenciais competitivos”.

Este é o ranking:

  • Porto Seguro: 8,59
  • Nextel: 7,71
  • Algar: 7,50
  • Claro: 7,43
  • Vivo: 7,40
  • TIM: 7,36
  • Oi: 6,71

A Anatel também divide os números regionalmente. Estes são os estados em que cada operadora conseguiu a maior nota:

  • Vivo: Alagoas, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Catarina, Tocantins
  • Claro: Acre, Bahia, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Sul
  • TIM: Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso, Roraima, Sergipe
  • Porto Seguro: Rio de Janeiro, São Paulo
  • Oi:

A Porto Seguro está presente apenas em municípios de SP e RJ. Apesar das médias altas, a Nextel e a Algar não ficaram em primeiro lugar nas suas respectivas áreas de atuação.

Você pode conferir os resultados completos do pós-pago neste link; e do pré-pago, neste link.

Com informações: TeleSíntese.