Mulher se aproveita de marido embriagado e da uma surra

A dona de casa C.P.A (31), mãe de três filhos menores fugiu para a casa de parentes na madrugada do último domingo (24), depois de ter aplicado uma violenta surra no marido D.F.A (36), o qual espancou a pauladas se aproveitando do fato do companheiro ter espancado a dona de casa na noite anterior.

Ilustração

A surra foi tão violenta que o homem teria sofrido fraturas em um dos braços, e teve que passar pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Franco Silva, na Estrada do Sobral.

D.F.A esteve na Delegacia de Flagrantes com o intuito de saber se poderia registrar queixa a respeito do caso apenas para afeito de separação, já que, segundo ele, não querer representar criminalmente contra a companheira, que em parte teve suas razões.

De acordo com vizinhos, ele teria chegado em casa embriagado e batido na mulher. Ele esperou que ele dormisse para ir à forra. “O cabra acordou na peia, e não fosse eu e outros vizinhos ela teria matado”, comentou uma testemunha que estava em companhia da vítima ontem de manhã na Defla.

Depois de surrar o marido, C.P.A. teria sumido com os filhos e estaria na casa da mãe.

Antônio Carlos Batista “Malvadeza”