ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Bolsonaro revoga aumento no diesel

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou que a Petrobras revogue o aumento de 5,74% no preço do diesel a partir desta sexta (12).

A estatal afirma que tem “margem” para adiar por “alguns dias” o reajuste nas refinarias. Bolsonaro havia prometido ao mercado que não iria intervir na política de preços dos combustíveis.

A Petrobras adota desde 2017 a cotação internacional do petróleo e a cotação do dólar como parâmetro para aumento nos combustíveis.

Desde a implantação desse modelo de ajuste nos preços, a gasolina subiu 40% e o diesel 56% nas bombas.

Caminhoneiros cogitam uma greve nacional no mês de maio contra os preços abusivos no diesel e o tabelamento no frete de cargas.

Com a decisão de hoje, Bolsonaro adia momentaneamente — ou por alguns dias — o ímpeto pela paralisação nas estradas. Informações Blog do Esmael.