ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Professora não tentou suicídio no Instituto de Educação Lourenço Filho

O jornal A Tribuna publicou erroneamente a matéria “Professora tenta suicídio dentro da sala de aula e na frente de alunos” na edição de terça-feira, 10, na página 7. Está constatado que uma professora tentou suicídio na semana passada, mas não no Instituto de Educação Lourenço Filho, como cita a matéria.

A diretora da escola Railsa Braga informa que a matéria tem causado diversos transtornos aos profissionais, e reforça que não houve tentativa de suicídio de nenhum servidor da instituição. 

A equipe de jornalismo errou em não apurar os fatos junto à escola. Outro fato que intriga a diretora é que não há registros fotográficos ou de vídeos que comprovem o ato descrito no jornal, sendo que quase todos os estudante possuem um aparelho celular com câmera fotográfica.

O veículo busca por mais informações sobre o caso, e logo que possível trará a luz a história como de fato ocorreu e lamenta os transtornos passados pela equipe de profissionais do Instituto de Educação Lourenço Filho.