Casos suspeitos de dengue aumentam 70% no Acre

Os casos suspeitos de dengue no Acre tiveram aumento de 70% em 2019, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). Até o dia 15 de abril foram registradas 6.226 notificações da doença no estado, um aumento de 2.565 casos em comparação com o mesmo período de 2018.

A região Baixo Acre apresenta o maior número de casos suspeitos, sendo 3.956 notificações este ano e 1.834 casos confirmados. A segunda região de maior incidência é a do Juruá com 1.544 notificações em 2019 e 433.

A capital acreana, Rio Branco, tem o maior número de casos do estado. Segundo os dados da Sesacre, foram registrados 3.164 casos suspeitos em 2019, sendo que no mesmo período de 2018 foram 1.130 casos, um aumento de 180%.

Com relação aos casos confirmados da doença, são 1.477 até o dia 15 de abril deste ano e 301 no mesmo período no ano passado. Um aumento de 390% nos casos.

Já em Cruzeiro do Sul, o número de casos caiu 51% este ano. Até o dia 15 de abril de 2019 foram registrados 875 casos suspeitos de dengue, sendo que no ano passado foram 1.794 casos. Confirmados são 209 casos em 2019 e 805 em 2018. Informações G1.