Garota de programa faz ‘fio terra’ em homem e ele faz denúncia indignado para a Polícia

Parece brincadeira, mas ocorreu no sul do Brasil. Na madrugada da última quinta (13), policiais Militares receberam uma ligação inusitada de um homem que se disse abusado sexualmente em uma boate de Curitiba, capital do Paraná. As informações são do portal Massa News.

No Boletim de Ocorrência, a vítima relata que “em visita à casa de prostituição, durante a prática de ato libidinoso com uma das garotas de programa do local, a mulher teria sugerido que o solicitante teria tendências a praticar sexo anal. No momento em que o solicitante negou a mulher teria introduzido o dedo em seu ânus, o deflorando, conforme palavras do solicitante”.

Veja o trecho:

Imagem: Reprodução

A VERDADE

Uma viatura da 3ª Companhia do 20º Batalhão foi despachada por volta de 3h30 da madrugada para o local. Na chegada da equipe no local os policiais descobriram que a história não era bem essa que o solicitante disse ao abrir a ocorrência via 190.

De acordo com o complemento do boletim de ocorrência, não houve o que foi relatado pelo solicitante e sim um desacordo comercial. O solicitante teria consumido serviços do local e não satisfeito pediu a restituição de seu dinheiro que foi negado pela casa. A polícia orientou as duas partes e encerrou o B.O. por volta de 4h da manhã.

(Com informações do Mass News/PR)