ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Prefeito de Cruzeiro do Sul é cassado por corrupção eleitoral

Ilderlei Cordeiro, prefeito de Cruzeiro do Sul, foi cassado numa ação de investigação eleitoral movida pelo Ministério Público Eleitoral.

A decisão foi publicada hoje no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral. E foi tomada pelo juiz da 4ª Zona, Hugo Torquato. 

A polêmica envolveu o chefe de gabinete do executivo em Cruzeiro do Sul, Mario Neto, e um dirigente do PSDB, Edson de Paula, e tomou mais proporções depois da divulgação de um áudio.

A denúncia, na época, foi feita pelo candidato a vereador Clebisson Freire, que disse que recebeu proposta de trabalho do dirigente do PSDB e também receberia uma quantia de R$ 5 mil oferecida pelo prefeito do município na época, Vagner Sales.

O juiz considerou corrupção eleitoral, e determinou a cassação dos diplomas com a consequênte perda dos mandatos de Ilderlei e do vice-prefeito José de Souza.

A decisão ainda cabe recurso e Ilderlei Cordeiro disse que confia na Justiça, está em paz, e que vai recorrer da decisão.