ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Sheik vai ter cláusula de produtividade no Flamengo

sheikfla2015

Faltam poucos detalhes para Emerson Sheik selar a saída do Corinthians. O jogador, que sequer treinou nesta sexta-feira, e o clube estão nos últimos acertos financeiros da rescisão, que deve acontecer nas próximas horas ou, no máaximo, na segunda-feira. Livre, o atacante já tem destino: o Flamengo, com o qual tem tudo apalavrado há pelo menos uma semana. Em seu novo contrato no time do Rio de Janeiro, ainda não assinado, há uma cláusula de produtividade – o que não existia em São Paulo.

Além de ajudar a aumentar o valor total do acordo, a meta serve também de estímulo para Sheik, que só terá seis meses para mostrar trabalho e justificar a sua contratação.

Ganhando cerca de R$ 520 mil atualmente no Corinthians, entre carteira de trabalho e direitos de imagem, o atacante teve de abrir mão de quase 40% desse valor para acertar com o time rubro-negro.

Mesmo quando ainda esperava por uma renovação na equipe paulista, seu empresário já entendia o novo cenário do futebol brasileiro, como também enxergava o momento de seu cliente, declarando que aceitaria negociar por menos, pois acreditava que o patamar alcançado em seu último acordo seria praticamente impossível de ser conseguido novamente.

A meta escolhida, de jogar um número mínimo de partidas (estando pelo menos no banco de reservas), também tem a ver com alguns problemas de comportamento de Emerson.

Nessa última temporada, por exemplo, o jogador desfalcou algumas vezes o Corinthians pela indisciplina dentro de campo.

Na semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, ele ficou fora por receber o terceiro amarelo. Na Libertadores, foi expulso no último duelo da fase de grupos, contra o São Paulo, em um lance infantil com o zagueiro Rafael Tolói, e acabou punido pela Conmebol com mais três partidas de gancho, sendo ausência nas oitavas de final, contra o Guarani (PAR).

Além disso, atrasos em treinos também acabaram atrapalhando a sua vida em alguns momentos.

No sábado, contra o Internacional, o corintiano receberá uma homenagem de despedida, em Itaquera, seu último jogo vestindo a camisa do clube.

Fonte: Espn