Malásia confirma que destroços achados no Oceano são do voo MH370

malasian-queda

Peritos confirmaram nesta quarta-feira que parte da asa de um avião encontrada na semana passada perto da ilha francesa de Réunion, no oceano Índico, são do voo 370 da Malaysia Airlines, que desapareceu no dia 8 de março do ano passado, com 239 pessoas a bordo, disse o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak.

“É com o coração pesado que eu digo que a equipe de especialistas da organização internacional confirmou que os destroços encontrados são do voo 370 da Malaysia Airlines”, disse Razak a repórteres.

O avião Boeing 777 desapareceu enquanto viajava de Kuala Lumpur para Pequim. Acredita-se que o avião tenha caído no oceano Índico, mas a razão da queda ainda é um dos maiores mistérios da aviação.

“Agora temos a evidência física de que, como eu anunciei no dia 24 de março do ano passado, o voo MH370 terminou tragicamente ao sul do oceano Índico”, disse Najib.

“O fardo e incerteza enfrentada pelas famílias durante este tempo tem sido imensuráveis. É minha esperança que esta confirmação, no entanto trágica e dolorosa, possa ao menos dar uma certeza para as famílias e entes queridos das 239 pessoas a bordo do MH370. Eles têm o nossa mais profundo afeto e orações”, afirmou o primeiro-ministro.

Em comunicado, a Malaysia Airlines disse que a parte da asa, conhecida como flaperon, encontrada na ilha de Réunion no dia 29 de julho foi confirmada como sendo do voo 370 pela agência francesa BEA, que investiga acidentes aéreos, pela equipe de investigação da Malásia, por um representante técnico da RPC e da Austrália Transportation Safety Bureau em Toulouse, na França.

“Os familiares de passageiros e tripulantes já foram informadas e nós estendemos nossas mais profundas condolências a eles”, disse a empresa.

Segundo comunicado, este “é realmente um grande avanço para nós na resolução do desaparecimento do MH370. “Nós esperamos que exista mais objetos para ser encontrado que nos ajude a resolver este mistério”, apontou o comunicado da companhia aérea.