ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Dom Porquito gera emprego e renda no Alto Acre

dom-porquito-acre6

“Quem mora na zona rural sempre tem o sonho de um dia poder tentar a vida na cidade e ter um bom emprego”, relata Euridi da Silva Rodrigues, de 25 anos.

Ele é um dos jovens contratados pela empresa Dom Porquito, que inaugura na próxima segunda-feira, 30, o primeiro frigorífico de suínos, em Brasileia.

Euridi nasceu e cresceu com os pais e irmãos, em uma propriedade rural do município. Ele conta que é o primeiro na família a ter uma experiência com carteira assinada.

“Estou há dois meses morando na cidade com minha esposa. Soube dessa oportunidade e corri atrás. Agora, vou aprender tudo o que eu puder pra crescer na empresa”, conta.

A jovem Raimunda Bezerra da Silva também vai compor o quadro de funcionários da Dom Porquito. Recém-graduada pela Universidade Federal do Acre (Ufac), a médica veterinária vai atuar na área de controle de qualidade da indústria.

“Enquanto eu fazia minha graduação, não imaginava que iria conseguir um emprego tão de repente. Essa oportunidade surgiu e criou expectativas, porque será uma experiência que vai me abrir portas. O frigorífico vai beneficiar muitas pessoas nessa região, gente que busca emprego e renda fixa”, relata a médica veterinária.

Além de mais empregos, a inauguração do empreendimento representa um novo momento econômico para o Alto Acre, com a exportação de alimentos que vai aumentar a receita para o estado e a região.

De acordo com o diretor-presidente da Dom Porquito, Paulo Santoyo, mais de 300 empregos serão oferecidos diretamente na fase inicial de operação. “Até meados de 2016, acreditamos que já teremos, pelo menos, 500 funcionários, e, no fim de 2019, mil empregos terão sido gerados, o que significa uma média de cinco mil famílias envolvidas nesse processo”, destaca.

Cadeias Produtivas Sustentáveis

A inauguração do primeiro frigorífico de suínos de Brasileia será realizada ao final do primeiro Encontro de Cadeias Produtivas Sustentáveis do Alto Acre (29 e 30 de novembro). O evento vai reunir produtores de todas as regiões do estado para tratar de produção e desenvolvimento com sustentabilidade.

O Encontro é uma realização dos governos estadual e federal, e conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e das federações das Indústrias do Acre (Fieac) e da Agricultura e Pecuária do Acre (Faeac).