ÚLTIMAS NOTÍCIAS >>

Real Madrid anuncia Zidane como novo treinador

naom_55896c5180339

Florentino Perez, presidente do Real Madrid, anunciou nesta segunda-feira a dispensa do técnico Rafa Benítez do comando da equipe merengue e a contratação do ex-jogador francês Zinedine Zidane como seu substituto para o cargo. A demissão veio após o empate por 2 a 2 contra o Valencia, no último domingo, pelo Campeonato Espanhol, mas foi motivada principalmente pela goleada por 4 a 0 sofrida diante do Barcelona.

O vexame no estádio Santiago Bernabéu aconteceu em novembro e o Real Madrid venceu sete de nove jogos desde então, mas a torcida não perdoou Benítez e pressionou a diretoria cada vez mais pela queda do treinador. No Campeonato Espanhol, o time ocupa a terceira posição, quatro pontos atrás do líder Atlético de Madrid e dois a menos que o Barcelona.

Zidane, eleito três vezes o melhor jogador do mundo pela Fifa (1998, 2000 e 2003), foi auxiliar técnico do italiano Carlo Ancelotti na campanha do título da Liga dos Campeões da Europa em 2014 e estava no comando do Real Madrid “B”, da terceira divisão espanhola. O ex-atleta é o primeiro francês na história a assumir o cargo de treinador do clube.

Ao lado de seus filhos na apresentação oficial, o francês se mostrou muito emocionado pela contratação. “Quero agradecer a oportunidade de treinar esta equipe. Temos o melhor clube do mundo, a melhor torcida do mundo. Temos que tentar fazer o melhor possível para que essa equipe saia vencedora ao final da temporada. Creio que vai dar tudo certo, o importante é estar com o time amanhã (terça-feira) e trabalhar”, afirmou.

Zidane comandará o seu primeiro treino com o time merengue na manhã desta terça-feira e, logo em seguida, dará sua primeira entrevista coletiva no estádio Santiago Bernabéu. “É um dia muito importante para mim. Estou um pouco emocionado, mais até de que quando assinei como jogador, mas é normal. A partir de amanhã será outra coisa. Vou colocar todo o meu coração neste clube e tentar sair bem”, acrescentou.

O ex-atleta será o 10.º treinador nas duas gestões de Florentino Pérez (2000 a 2006 e de 2009 até hoje). No primeiro mandato, a lista conta com Vicente Del Bosque, que saiu com dois títulos do Campeonato Espanhol e mais dois da Liga dos Campeões; Carlos Queiroz, José Antonio Camacho, Mariano García Remón, o brasileiro Vanderlei Luxemburgo e Juan Ramón López Caro.

No segundo mandato, que iniciou em junho de 2009 com a contratação do chileno Manuel Pellegrini, Pérez também foi responsável pela contratação e demissão de José Mourinho e Carlo Ancelotti, antes de Benítez. Com informações do Estadão Conteúdo.