Instituto de Mudanças Climáticas é apresentado aos gestores do IFAC

Durante a reunião do Colégio de Dirigentes, realizada no dia 3, a diretora-presidente do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais – IMC, Magaly Medeiros e equipe, apresentou as ações do IMC aos pró-reitores, diretores sistêmicos e diretores gerais dos campi do Instituto Federal do Acre – IFAC.

A apresentação teve como objetivo esclarecer a atuação do IMC uma vez que o IFAC e aquele instituto estão próximos de assinar Termo de Cooperação Técnica que visa a cooperação e o apoio entre discentes, docentes e pesquisadores dos dois institutos, para estudos e atividades relativas ao Programa de Incentivos a Serviços Ambientais do Estado do Acre.

Na apresentação a diretora presidente fez um histórico das ações desenvolvidas pelo Estado até a criação do IMC, em 2011. O IMC é a instância de regulação, monitoramento, registro e controle do Sistema Estadual de Incentivos a Serviços Ambientais – SISA, sendo responsável pela administração regulatória de estabelecer os estudos, critérios metodológicos e normas; o monitoramento e participação dos atores envolvidos, bem como o controle e registro dos ativos ambientais gerados a partir dos programas do SISA.

Após a apresentação a diretora presidente Magaly Medeiros destacou a importância da assinatura do termo de cooperação com o IFAC, enfatizando o quadro de professores que podem contribuir com pesquisas e posterior publicação de artigos. “Este trabalho conjunto vai gerar resultados positivos na área ambiental e vários benefícios para o Estado do Acre”.

Os diretores gerais se colocaram à disposição reuniões em todos os campi, para a definição de ações e elaboração de plano de trabalho dentro da especificidade de cada unidade. Um calendário ficou pré-agendado, com reuniões a serem realizadas nos meses de junho a agosto.

A reitora Rosana Cavalcante dos Santos fez questão de agradecer a participação da equipe do IMC na reunião e disse que a parceria será perfeita. “Esta parceria com o IMC é resultado de conversas que estamos realizando há algum tempo e que trará resultados positivos para a questão ambiental”.