Dor no tornozelo diminui, mas ainda incomoda Renato Augusto

t_143823_renato-augusto-ainda-reclamava-de-dor-na-volta-do-corinthians-a-sao-pauloA delegação do Corinthians desembarcou no aeroporto de Cumbica no início da noite de quinta-feira. De volta da vitória por 1 a 0 sobre o San Lorenzo, em Buenos Aires, os jogadores celebraram a ótima posição em que o time se colocou no Grupo 2 da Copa Libertadores, com 100% de aproveitamento.

Renato Augusto voltou com marcas da batalha, uma lesão no tornozelo esquerdo sofrida em dura entrada de Buffarini. O meio-campista se arrastou até o fim do primeiro tempo em campo, mas acabou sendo substituído e dificilmente será utilizado por Tite no clássico de domingo, contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista.

“Ontem, estava bem difícil mesmo. Ainda tentei ficar até o intervalo para ver se dava para fazer alguma coisa. Diminuiu um pouco, mas ainda está doendo”, comentou o camisa 8. “Vamos ver como serão os próximos dias e acompanhar os resultados dos exames.”

A situação de Stiven Mendoza é ainda mais complicada. O atacante colombiano sofreu uma lesão muscular na virilha direita em uma arrancada no confronto com o San Lorenzo e é desfalque certo no Majestoso.

A expectativa do técnico Tite é que Emerson esteja à disposição. Foi justamente no lugar do Sheik, que luta contra uma inflamação no joelho direito e uma polêmica sobre atraso em treinos, que Mendoza atuou na Argentina. Guerrero, que cumpriu suspensão, voltou do Peru e será escalado no clássico.