Coluna Bom Dia

Futuro

Os prefeitos acreanos estão vendo as primeiras luzes no fim do túnel da crise e da recessão. Os que foram a Brasília Na XX Marcha dos prefeitos ficaram contentes com os contatos mantidos e com a possibilidade da ampliação do prazo das dívidas junto ao INSS.

 

Heróis

Na verdade, os prefeitos acreanos são heróis, de enfrentar essa situação de calamidade econômica que o país vive. Pode ter chegado a hora deles, especialmente os que se preparam para nova gestão, como Kiefer Cavalcante, de Feijó e Tião Flores, de Epitaciolândia, que encontraram prefeituras arrasadas e estão botando as coisas nos eixos.

 

Inadimplência

Os prefeitos receberam uma situação grave: só três municípios, Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Porto Walter estão adimplentes com a União e Cruzeiro do Sul na bica de perder a situação. O pior é que mesmo com toda a austeridade, fica difícil reverter o erro de administrações passadas, sem apoio maior, especialmente do governo federal.

 

Pressão

Quando se unem as pressões dos prefeitos na Marcha a Brasília, com a necessidade do governo federal de ampliar o apoio para a aprovação das reformas, o mundo ameaça explodir. O aval do presidente Temer, hoje, é uma incógnita. E o futuro das negociações em Brasília, muito nebuloso.

 

O que precisa

Haja o que houver, uma boa medida para sanar alguns dos mais graves problemas éticos do país é a volta da ênfase no municipalismo. É nas prefeituras, nas cidades, que deve ser buscada a renovação ética. Quando os altos escalões do poder estão infestados de ratos, é na pujança dos municípios, na força da comunidade que resta a esperança democrática.

 

Joio do trigo

A hora de agir é agora. A nova safra de prefeitos acreanos merece um crédito de confiança para mostrar serviço. Os sacrifícios são muitos e vários prefeitos têm cabedal e popularidade para enfrentar os desafios.

 

Andanças

Quem anda pelos municípios nota que em muitos lugares já há um ânimo novo. Em Feijó, o prefeito Kiefer é preparado, tem apoio político e institucional, tem ficha limpa, vindo da iniciativa privada, uma vida sem máculas.

 

Epitaciolândia

Em Epitaciolândia, a eleição de Tião Flores mostrou que havia a lembrança de sua boa atuação no já distante primeiro mandato que a população reconhecia suas qualidades. E ele está fazendo jus a isso.

 

Austeridade

Dois municípios, dois prefeitos austeros, duas administrações no bom caminho.

 

Diferente

Situação diferente de Cruzeiro do Sul, por exemplo, onde o prefeito Ilderlei acha que foi ungido por deus e que sua palavra é lei, que não precisa atender ninguém, dialogar com ninguém, que pode fazer suas patranhas á vontade. O mesmo acontece em Sena Madureira, aonde o prefeito chega a invadir a Câmara Municipal. Assim fica triste a situação.

 

Explodiu

Entre os políticos que foram expostos pelas delações da JBS está o vice-prefeito de Porto Velho, Edgard do Boi, que prometeu ao grupo facilidades fiscais, recebeu bola e teve que se afastar do cargo.

 

Saiu

Oficialmente, o PSB, partido do deputado César Messias saiu definitivamente da base do presidente Temer e aderiu ao pedido para sua renúncia ou para o impeachment. Prova de que as posições de César Messias estavam certas desde que ele se posicionou contra o impeachment de Dilma.

 

Reação

O presidente Temer descobriu que Joesley Batista, o sem grande amigo, que ele recebeu no Palácio do Jaburu em horário impróprio e com conversa escabrosa, é uma pessoa perigosa. Temer arrebentou com o empresário em seu pronunciamento de ontem. Descobriu meio tarde, né?

 

Estragos

A delação da JBS está fazendo estragos nos estados. Rondônia, Mato Grosso do Sul, Minas gerais, Paraná e Rio Grande do Sul são os mais afetados até agora. Vai chegar no Rio Grande do Norte e Pernambuco.

 

Lá e cá

No Acre, apesar do esforço de alguns disseminadores de boatos, a política passou incólume. Nenhuma doação foi explícita para determinado candidato, não houve troca de benesses, não houve promessa de facilidades.  Eventuais doações para todos os lados do espectro político aconteceram via diretórios regionais, repasses dos quais os políticos locais, de PT, PMDB, PSDB, PP e de outros partidos não tiveram responsabilidade.

 

Sem conchavos

Ou seja, Joesley não fez conchavos no estado. Isso é muito bom para a saúde política acreana. Em especial, mostra que, como bem diz o governador, a podridão passou longe daqui. Mas não escapou de chamuscar o vizinho estado de Rondônia.

 

Apoio

Joesley disse em sua delação que Aécio comprou, em 2014m o apoio do PTB nacional por R$ 20 milhões. Merreca de grana para u partido da tradição dos trabalhistas.

 

Uber

Mudando de assunto. O assunto em Rio Branco é o UBER. A prefeitura vai tratar o aplicativo com os rigores da lei, alegando que não há previsão legal para essa modalidade de transporte. Ou seja, não dará aval para a atividade e pode chegar, até, a prender carros que estejam transportando passageiros.

 

Posição

A posição do prefeito Marcus Alexandre é correta e realista. Ele não pode legitimar uma irregularidade. A prefeitura só reconhece como transporte público os ônibus, os taxia e mototaxis.

 

Justiça

Em outros estados, o UBER acabou operando com liminares da justiça, alegando o direito de livre concorrência e o artigo 5º da Constituição, sobre o direito de ir e vir. Vamos esperar o que acontece por aqui.

 

Projeto

Um projeto de lei federal tenta regulamentar o Uber e outros aplicativos semelhantes. Está parado, como tudo nesse país.

 

Eleito

O vereador Jarude precisa procurar ler mais sobre as prerrogativas e funções de um vereador. Ele não pode ficar fazendo enquete sobre todos os temas, para se posicionar de acordo com os humores da internet. Ele foi eleito para ter posição, para fazer a defesa de interesses concretos, Política não é BBB que tem paredão votação e eliminação toda semana.

 

Produção

O governador Tião Viana repassou mais de R$ 500 mil para pequenos produtores rurais de Manoel Urbano, Foram beneficiadas 450 famílias produtoras sustentáveis. A ação faz parte do programa de Certificação Ambiental, desenvolvido pela Seaprof, que apoia famílias rurais a desenvolverem suas produções de forma sustentável, sem desmatar.

 

Produção

Manoel Urbano registrou só na safra 2015/2016, por meio de investimentos do governo, uma colheita de 68 toneladas de café, 55 toneladas de açaí nativo, além de 60 toneladas de banana por mês.

 

Insumos

O governador também anunciou o fornecimento para a prefeitura do município de 13 mil litros de óleo diesel, 700 milheiros de tijolos e recursos para a manutenção de máquinas pesadas que irão contribuir com a recuperação e abertura de ramais de Manoel Urbano.

 

Abelhas

Se existe um projeto bonito e ambientalmente correto do governo do estado é o de meliponicultura. Para quem ainda não sabe, é a criação de abelhas sem ferrão, que fazem um mel supervalorizado, de qualidade superior. As espécies são nativas da região e é u meio de preservar uma inigualável riqueza natural.

 

Preço

O governo entregou essa semana mais caixas de abelhas e equipamentos em rio Branco. Um quilo de mel de abelhas sem ferrão pode ultrapassar os R$ 200,00

 

Museu

O ex-reitor Lauro Julião saiu em defesa do Museu do Povo Acreano, a ser construído onde funcionava o Colégio Meta e, antes, onde era o Colégio N.S, das Dores, ou Colégio dos Padres. E deu sugestões de que sejam ouvidos pioneiros que estudaram lá no prédio, como o ex-reitor Aulio Gélio e tantos outros, como forma de preservar a memória do Estado.

 

Posição

Essa é uma posição lúdica: a de preservar a cultura e a memória. Não igual aquela dos que acham que memória é descartável. Pois o Acre tem muito do que se orgulhar de seus filhos, das etnias formadoras de sua identidade, dos heróis que construíram essa terra.

 

Sem apoio

Depois de afirmar que não se sentia na base de apoio do governo Temer, o senador Gladson Cameli pode se antecipar á decisão de seu partido e anunciar o rompimento com o governo Temer. A avaliação final será feita nesse fim de semana.

 

Diretas

Já o deputado Rocha se juntou á esquerda e aos seus tradicionais desafetos do PT e do PC do B para pedir a renúncia de Temer e as Diretas Já. Voltas que o mundo dá.

 

Delação aérea

Já corre entre os eternos delatores da turma do mercado a informação de quem vem aí a delação aérea, com revelações bombásticas sobre práticas pouco ortodoxas de alguns membros da turma e de políticos acreanos.

 

Esperado

Dizem que quando o cara Rachada abrir a boca, a coisa vai ser pior que o Joesley. O cara sabe das coisas mais secretas da política e da intimidade do estado.