Coluna Bom Dia

Demissões

 

A questão que ainda mobiliza a capital é a demissão dos 283 servidores determinada pelo MP, por contratação julgada irregular, sem concurso, a partir de 1995. A rescisão deve se efetivar a partir do fim desse mês e o Estado já se prepara para chamar concursados para as vagas.

 

 

 

Setores

 

Muitos setores podem ficar prejudicados, pela falta de servidores experientes, em especial a área de nefrologia e o serviço de hemodiálise. Mas não adianta chorar sobre o leite derramado. É definitivo.

 

 

 

Direitos

 

Os servidores demitidos estão reclamando direitos trabalhistas, como férias, indenização, mas há muitas dúvidas se eles teriam esse direito, uma vez que os contratos sempre foram em caráter precário. Os funcionários alegam que ao prorrogar automaticamente os contratos, que deveriam durar só dois anos, o governo assumiu tacitamente o contrato de trabalho.

 

 

 

Precedentes

 

Mas, os precedentes jurídicos vão contra a pretensão dos servidores. Em outros estados, só os aposentados tiveram seus direitos reconhecidos. Como a contratação foi considerada ilegal, os direitos também seriam. Mas não custa lutar.

 

 

 

Financiamentos

 

Outro ponto controverso é quanto aos empréstimos consignados assumidos por esses servidores e os financiamentos no Banco do Brasil, vinculados aos salários. Como fica daqui para frente, se eles não estarão mais na folha?

 

 

 

Comissão

 

Uma comissão do PROCON, Defensoria Pública e com representantes do banco e dos servidores busca uma solução.

 

 

 

Facilidade

 

O Banco do Brasil também se comprometeu a facilitar a abertura de contas para os que serão contratados pelo governo e precisarão de conta bancária para efetivar o contrato.

 

 

 

Desespero

 

Tudo pode estar dentro da lei, mas o drama dos que perderam o emprego é real e grave. Pelo menos dois casos de tentativa de suicídio teriam sido relatados.

 

 

 

Prisões

 

Faltam cerca de 2,6 mil vagas no sistema prisional acreano. E a cada dia esse número aumenta. A solução não é simplesmente construir mais celas nem ampliar o encarceramento. É uma gestão efetiva do sistema, deixando na cadeia quem realmente precisa e promovendo alternativas de punição.

 

 

 

Lá e cá

 

Na Holanda, que já teve problema de superlotação prisional, hoje sobram vagas e presídios são alugados para os governos da Noruega e Bélgica. Os presos desses países querem cumprir pena na Holanda pelas boas condições das cadeias e pelo custo de vida.

 

 

 

Segredo

 

O segredo para a sobra de vagas é o tratamento que o preso recebe. Todo condenado tem traçado, com ajuda de psicólogos, pedagogos e autoridades judiciárias um projeto de ressocialização, que é seguido à risca. Só fica na cadeia quem é realmente perigoso.

 

 

 

Galinha

 

Aqui, a prática é o contrário: deixam ladrões de galinha junto com homicidas fazendo uma escola do crime. Assim não dá.

 

 

 

Especialização

 

O governador Tião Viana comemora uma vitória pessoal, com a constatação de que mais de mil especializações na área médica foram concluídas no Acre, entre residência, cursos de especialização, mestrados e doutorados.

 

 

 

Vitória

 

Essa é uma vitória dos profissionais dedicados, do esforço pela capacitação e também do governador, um dos maiores entusiastas do ensino médico no Acre.

 

 

 

Tucanos

 

O briga dos tucanos acreanos continua fazendo voar pena para todo lado. Depois que Marcio Bittar denunciou o presidente regional do PSDB, deputado Major Rocha, à direção nacional, pelo fraco desempenho do partido nas urnas em 2016, a coisa desandou de vez.

 

 

 

Resposta

 

A resposta de Rocha foi também do umbigo para baixo: respondeu que Marcio nada podia falar, porque pôs sua esposa no partido Solidariedade e está forçando a filiação de seus aliados nessa legenda.

 

 

 

PPS

 

Rocha ainda denuncia que além do Solidariedade, Bittar está fortalecendo o PPS, para onde levou a presidente do Sinteac, Rosana Nascimento, que deve sair candidata a deputada federal. Rocha pergunta como fortalecer o PSDB assim.

 

 

 

Desempenho

 

Marcio Bittar diz à executiva nacional que está sem espaço no PSDB acreano, que teve um desempenho pífio nas eleições de 2016, ao contrário do resto do país. E cobra mais poder na legenda.

 

 

 

Pequeno

 

A verdade é que o PSDB está pequeno para os dois. Um ou outro pode pular fora. Rocha aguarda as negociações que o virtual candidato a presidente da República deputado Jair Bolsonaro está fazendo e pode acompanha-lo em sua aventura, puxando sua campanha no Acre.

 

 

 

Destino

 

O destino de Bolsonaro pode ser o PRB, o que criaria um novo problema no Acre, onde o partido está alinhado com o PT e a Frente Popular, uma confusão total.

 

 

 

Sena Madureira

 

O ex-deputado Gilberto Diniz está montando com cuidado a candidatura de sua esposa Cirla a deputada estadual. Pretende com isso voltar a influir na política local e estadual.

 

 

 

Senado

 

A oposição não chega a um consenso sobre a disputa ao Senado, mas há muito de blefe em algumas posições. Por exemplo, que ninguém se fie na possibilidade de Vagner Sales sair candidato. Ele tem problemas com a Justiça Eleitoral e sabe que não conseguirá fechar chapa com a mulher estadual e a filha federal se sair majoritário.

 

 

 

Avião

 

Um monomotor que prestava serviços agrícolas caiu ontem em Boca do Acre. O piloto morreu devido ao violento impacto. O avião caiu a cerca de 20 quilômetros do centro da cidade de Boca do Acre. A polícia disse que o piloto seria da família Formehl, de Sorriso, no Mato Grosso.

 

 

 

Avião II

 

Em janeiro deste ano outro membro da família, Tiago Formehl, se feriu após a queda de uma aeronave agrícola. O incidente aconteceu no Estado do Tocantins, em uma das propriedades da família.

 

 

 

Polícia

 

A PM do Acre tem sido muito aplaudida nas ações contra a marginalidade organizada. E o povo tem de agradecer mesmo, pois nos últimos três dias nada menos que seis ocorrências foram frustradas por policiais à paisana.

 

 

 

Paisana

 

A última envolveu dois rapazes e um idoso que aguardava o ônibus na Via Verde. Os dois homens abordaram o velhinho na maior cara de pau para roubá-lo, mas dois policiais de folga estavam passando na hora e decidiram que, qualquer circunstância que requeira ação, a terá. E enjaularam a dupla.

 

 

 

Estrelão

 

O Estrelão está chacoalhando a crônica esportiva de todo o Brasil com o repúdio formal às declarações de um comentarista de Santa Catarina, que desdenhou o Acre no mundo esportivo e viu no Rio Branco Football Club “um time quase amador”.  Os brasileiros estão do lado do Acre.

 

 

 

Sobe e desce

 

É normal esse movimento do Rio Acre de cheia e vazante nessa época, mas está descartada a possibilidade de uma enchente significativa esse ano. Os repiquetes virão, assustarão, mas nada a desesperar.

 

 

 

D, Diva

 

Faleceu em Curitiba, depois de uma grande luta contra um câncer, d. Diva, esposa do popular Zé Buchinho. Dona Diva era muito querida pela sociedade acreana, uma mulher de fibra, coragem, de valor inquestionável. À família, os sentimentos da coluna e da Tribuna.

 

 

 

Fronteira

 

O Exército está em operação nas fronteiras amazônicas, combatendo o tráfico de drogas e zelando pela integridade territorial brasileira. É sempre uma boa notícia quando essas operações são desencadeadas.

 

 

 

Saques

 

Os acreanos procuram em massa agências da Caixa e o site na Internet esperando a hora de sacar o dinheiro retido no FGTS. Um desafogo para as contas e para o arrocho.

 

 

 

ONU

 

Representantes do Fundo de Populações das Nações Unidas (UNFPA/ONU) estiveram no Estado na sexta-feira debatendo o crescimento socioeconômico do Estado e a preservação dos recursos naturais, efetivados a partir de investimentos em Saúde, Educação, industrialização e incentivos ambientais.

 

 

 

PNUD

 

Participaram do encontro, na Casa Civil, com o governador Tião Viana, lideranças do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

 

 

 

Elogios

 

Os representantes dos organismos internacionais elogiaram o trabalho feito no Acre e citaram como um exemplo de desenvolvimento inclusivo e ambientalmente responsável.

 

 

 

Unicef

 

O Acre levou o prêmio da UNICEF, nessa oportunidade, pelo trabalho realizado com as crianças, pela rede de proteção montada. O Acre foi o melhor estado do Brasil no desempenho dos projetos do órgão.