Coluna Bom Dia

Ministro

 

A vinda do ministro da Saúde ao Acre deu muito pano para manga ontem na Assembleia Legislativa, com troca de acusações entre governo e oposição. Os governistas reclamaram da falta de educação do ministro de vir criticar o governo acreano, sem pudores.

 

 

Resposta

 

Os oposicionistas reclamaram da ausência do governo estadual na visita e corroboraram as críticas do ministro. Os dois lados estão cheios de razão e dados para mostrar que o outro é que tem culpa na questão das obras do Pronto Socorro.

 

 

O que fica

 

O que fica da visita é muito pouco. Primeiro, porque ninguém pode garantir que o ministro estará no cargo para enviar auditores. Se ainda existirá Governo Federal na semana que vem, depois da denúncia da PGR contra o presidente.

 

 

Grana

 

Depois, por conta da falta de verbas até para mandar equipes de controle de fiscalização. Essa brincadeira pode ficar mais cara do que o dinheiro que o ministro deixou por aqui.

 

 

Importância

 

Do jeito que está o país, discutir figurinhas sobre o hospital da Capital é ficha pequena. A República está caindo por coisas bem mais sérias.

 

 

Guerra

 

O presidente Michel Temer se pintou para a guerra e ontem comprou briga com o procurador Janot. Mas, cometeu erros de fato e de avaliação. A cada dia, a situação se agrava para o presidente. A coisa tá russa, ou como ele prefere, soviética…

 

 

Alerta

 

O Ministério do Planejamento alertou ontem que a situação fiscal do país está crítica e que as perspectivas são ainda piores para o segundo semestre. Isso quer dizer arrocho e mais arrocho nas contas públicas, apesar do pacote de bondades anunciado pelo Governo Federal para se manter no cargo.

 

 

Brasília

 

O governador Tião Viana está em Brasília, onde busca recursos para o Estado, no cipoal de confusões que acontece na capital federal. Não é fácil a vida de um governador nesses dias.

 

 

Fila única

 

A ideia da fila única de tratamento e de cirurgias no Estado é muito boa e merece apoio de todo mundo. O governo vai acabar com outras ingerências que não sejam apenas as médicas e profissionais na área.

 

 

Voto

 

A eleição do próximo ano está batendo às portas e engana-se o candidato que pensar que a situação nacional não vai influir na escolha do eleitorado acreano. O povo está calado, mas não está omisso. Podem acontecer surpresas no caminho.

 

 

Voto vinculado

 

Um estudo realizado pela Folha de S. Paulo, na Marcha para Jesus, em São Paulo, revelou que pode estar havendo uma mudança e que o fiel evangélico já não se mostra disposto a seguir a orientação da igreja a todo custo na hora do voto. Vai levar em conta suas próprias convicções e a avaliação ética do candidato. Fica o alerta.

 

 

Lançamento

 

Depois da bonita festa do lançamento da candidatura de Daniel Zen, que mostrou força e organização, os demais postulantes devem se por em campo para também apresentar trabalho.

 

 

Próxima

 

A próxima a mostrar um evento significativo deve ser a vice-governadora Nazareth Lambert, com o apoio das mulheres. Pelo menos nos bastidores, ela vem se movimentando muito bem, com muita desenvoltura.

 

 

Agosto

 

Entre o fim de junho e agosto, o prefeito Marcus Alexandre também deve por sua máquina em funcionamento, nem que seja para marcar a presença.

 

 

Evento

 

A Assembleia Legislativa será palco amanhã e depois do evento de gestão que deve reunir presidentes de Câmaras Municipais e vereadores de todo o interior. Uma boa intenção e um resultado ainda melhor. Deve ser o pano de fundo para a reafirmação da candidatura do deputado Ney Amorim ao Senado.

 

 

Interior

 

Esse apoio do interior será fundamental para as pretensões do deputado. Ele tem boa penetração nesse meio, desde os primeiros dias de seu mandato buscou a aproximação com as Câmaras Municipais, foi leal aos interesses dos vereadores e merece esse apoio, suprapartidário.

 

 

Ponte

 

Se há um calendário a se por em dúvida é o da inauguração da Ponte do Madeira em dezembro de 2018. Último mês de governo Temer, se ele chegar até lá, em pleno inverno, é pouco provável que seja real. Isso se o governo chegar até lá.

 

 

Condenação

 

Além dos problemas com o presidente Temer, o país aguarda para qualquer momento a primeira sentença do juiz Moro contra Lula, especialmente depois dele aparecer imbatível na pesquisa Datafolha.

 

 

Revisão

 

Ontem, de forma surpreendente, o TRF revisou uma sentença de Moro e absolveu João Vaccari Neto, que Moro havia condenado a 15 anos de cadeia. O argumento é que as únicas provas contra ele seriam as delações. Não é o mesmo com Lula?

 

 

Tourinho

 

Faleceu ontem, em Porto Velho, um dos pioneiros da imprensa acreana. Luiz Malheiros Tourinho foi dono do jornal O Rio Branco, antes de vendê-lo para o empresário Narciso Mendes. Teve momentos importantes na história do jornalismo acreano.

 

 

Rondônia

 

Tourinho foi empresário em outros setores, além de dono do jornal O Alto Madeira, em Porto Velho. Chegou a ser juiz classista e líder empresarial.

 

 

Folclore

 

Entre o folclore em torno do empresário esteve a história de que ele guardaria em sua fazenda a corrente original usada na Revolução acreana. O governador Edmundo Pinto chegou a cobrar dele essa história, mas Tourinho sempre desconversou. Até hoje ninguém sabe se é verdade.

 

 

Não vem

 

A assessoria do ministro do STF, Gilmar Mendes, informou ontem que a presença dele na solenidade de posse do novo desembargador do Tribunal de Justiça do Acre, marcada para amanhã, foi cancelada. As coisas andam meio difíceis em Brasília.

 

 

Primo

 

No início da semana, o ministro havia informado que viria a Rio Branco prestigiar a posse do novo desembargador do TJ do Acre, juiz Elcio Sabo Mendes, de quem é primo, porém a pauta de votação no STF teria impedido sua viagem.

 

 

Ligados

 

Mesmo assim, ele deve enviar um cumprimento especial e marcar uma visita posterior. Os dois são muito ligados. Sempre que vem ao Acre, o juiz recebe o primo no aeroporto e o transporta até a cidade.

 

 

Bombeiros

 

Governador Tião Viana, durante comemoração à Semana do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC), anunciou para as próximas semanas a divulgação de concurso público para as fileiras da corporação.

 

 

Ousadia

 

Louve-se a ousadia do Executivo estadual em anunciar mais um concurso público, apesar do momento de instabilidade econômica em que passa o país. Pelas contas, em trâmite, têm nada menos que 500 vagas a serem preenchidas na área da Segurança Pública.

 

 

Novas leis

 

Diário Oficial da União de ontem trouxe seis leis sancionadas pelo presidente Michel Temer. Dentre elas, está a que autoriza a diferenciação de pagamentos de bens e serviços oferecidos ao público em função do prazo ou do meio de pagamento, regulamentando descontos em compras à vista ou pagas em dinheiro em espécie.

 

 

Reduzir salários

 

Foi sancionada também a lei que formaliza a mudança de denominação do Programa de Proteção ao Emprego (PPE) para Programa Seguro-Emprego (PSE). Essa nova norma permite às empresas reduzir salários e a jornada de trabalho de seus empregados.

 

 

Pente-fino

 

A lei que trata do pente-fino na concessão de benefícios do INSS e cria um bônus de produção aos médicos peritos que atuarem na revisão também foi sancionada, com um veto.

 

 

O veto

 

Nesse sentido, o veto refere-se ao trecho que atribuía aos peritos do INSS atestar os detalhes e as condições para a efetiva recuperação do segurado afastado do trabalho, por motivo de saúde.

 

 

Tem mais

 

Foram, ainda, publicadas a lei que dispõe sobre a Marinha Mercante e os militares da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, com vetos, e a lei que trata da participação, proteção e de defesa dos direitos do usuário dos serviços públicos da administração pública. Ufa!

 

 

Pesquisa

 

O PT deve realizar no final de agosto uma pesquisa de opinião no Estado para verificar a popularidade dos pré-candidatos ao governo. Até outubro é possível que aconteça a definição por algum dos quatro nomes.

 

 

Condição

 

Todo o processo eleitoral, com a concordância de todos os partidos da Frente Popular, está nas mãos do governador, que deve anunciar os próximos passos, os novos encontros dos postulantes no interior.

 

 

Regras

 

O que atrasa qualquer definição é a falta de regras para a eleição. O Congresso não chega a um consenso e a cada dia uma nova ideia aparece.

 

 

Podemos

 

O PTN, dos deputados Josa da Farmácia e Raimundinho da Saúde, virou oficialmente Podemos. Nada a ver com o Podemos espanhol, de esquerda. É um Podemos Tupiniquim, que deve apoiar o senador Álvaro Dias, do Paraná, para presidente da República.