Abatedouro de aves caipira e semi-caipira está sendo construído pelo incra em brasiléia

13177498_546502305521938_2183251465224341424_nA equipe do Incra, composta por Maria Izabel, Guilherme Bibiano, Manoel Lopes, Moisés Medeiros, Sebastião Damasceno e Marcio Alécio, visitaram as obras de construção do abatedouro de aves caipira e semi-caipira em fase de construção de pelo Incra no PDS Porto Carlos, através do Programa Terra Sol.

O empreendimento terá capacidade de abate de mais de 500 aves por dia e atenderá uma demanda da comunidade, contemplando diretamente mais de 150 famílias dos projetos de assentamento Porto Carlos, Paraguassu e Santa Quitéria, entre outros circunvizinhos.

O projeto desenvolvido pelo Incra está previsto para entrar em funcionamento em 2017 e representa uma importante estratégia de desenvolvimento, agregação de valor e geração de renda para os assentados, que terão a oportunidade de ampliar a comercialização de um produto nobre, de grande demanda pelo mercado, dentro de padrões técnicos e higiênico sanitários adequados.

São iniciativas como essa que engrandecem o trabalho dos assentados, do Incra e dos parceiros. De forma participativa e democrática, com produtores empenhados, com assistência técnica, crédito rural e estratégias de comercialização, incluindo o PAA e PNAE, mercado privado e feiras livres, vamos continuar avançando com a reforma agrária no Acre e em todo Brasil. Temos que fortalecer o Incra, melhorando as condições de trabalho dos servidores e ampliando políticas públicas para os trabalhadores. Não podemos ter retrocesso e perder conquistas, afirma Marcio Alécio, Superintendente Regional do Incra no Acre.