Acre bate recorde de novos casos de 238 casos de covid-19 e cinco mortes

Cezar Negreiros

Acre registra cinco mortes por covid-19, mas agora totaliza 67 óbitos em dois meses do registro dos três primeiros casos importados da doença. Em contrapartida, em 24 horas registrou o recorde de 238 novos casos, o estado já contabiliza 2.234 pessoas infectadas, mas até o último fim de semana era apenas 1.996 pessoas. A capital acreana registrou 56 óbitos por covid-19 e 1.644 pessoas infectadas, em segundo lugar desponta o município de Cruzeiro do Sul, com 215 casos e duas mortes; Plácido de Castro, com  93 casos e 3 mortes,  Acrelândia, com  74 casos e 1 óbito e Tarauacá, com 33 casos e 2 mortes.

Os demais municípios ainda não  registraram nenhuma morte, mas os casos estão distribuídos da seguinte forma: Senador Guiomard (46), Sena Madureira (34),  Bujari (17),  Epitaciolândia  (15), Xapuri (14), Porto Acre (13),  Marechal Thaumaturgo (11),  Capixaba (8), Brasileia  e Mâncio Lima (5), Rodrigues Alves, Feijó  e Santa Rosa do Purus  (2) e Assis Brasil  (1).  O mapeamento da Secretaria Municipal da Saúde de Rio Branco (Semsa) apontou que os homens foram mais acometidos pela doença, pois corresponde  53% (767 casos), enquanto as mulheres responderam por apenas 48% dos casos contabilizados. O levantamento revelou que dos 269 casos (19%) estão na faixa etária de 50 a 69 anos de idade, 64 (4,4%) na faixa etária de 70 anos ou mais.  Com a maior incidência foi registrada na faixa etária de 20 a 49, com 1.068 (74%) casos, mas na faixa etária de 10 a 19 anos 27(2%) casos e 9 (0,6%) casos na faixa etária de 10 anos. De acordo com o boletim epidemiológico do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), aproximadamente 69 pessoas estão internados, sendo 16 pacientes na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e 53 nas enfermarias das unidades hospitalares da rede pública.  Aproximadamente 1.486 casos suspeitos de covid-19 aguardando resultado de exame PCR do Centro de Infectologia Charles Mérieux, pois em 8.045 notificações da doença 4.325 foram descartados, segundo a assessoria da Sesacre.

Casos de óbitos – A primeira vítima tinha 52 anos, a segunda uma aposentada de 64 anos, internada no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into/AC), mas que tinha um  histórico de acidente vascular cerebral hemorrágico,  morreu no último domingo (dia17). A terceira vítima era um aposentado que tinha 65 anos,  internado na UPA do Segundo Distrito, a quarta era um  aposentado de 67 anos, estava internado na UTI da Covid do Pronto-Socorro e tinha histórico de diabetes, hipertensão arterial e doença pulmonar obstrutiva crônica, que veio a falecer no último domingo (dia 17), e o terceiro era um homem de 72 anos, que deu entrada na UPA do Segundo Distrito, mas faleceu no último dia 13 deste mês (maio).