Acre contabiliza mais de 12 mil casos de covid-19 e 326 mortes

Acre já contabiliza 12.022 contaminados e 326 mortes por causa da covid-19, segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre). Foram registradas nas últimas 24 horas 212 novos casos da doença e cinco mortes, mas 470 exames ainda aguardam o resultado da sorologia do RT-PCR do Instituto de Infectologia Charles Mérieux e do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre, (Lacen-AC).

Dos cinco óbitos registrados nas unidades hospitalares, três delas residiam em Rio Branco, uma em Xapuri e outra em Acrelândia. Sendo duas pessoas do sexo masculino e três pessoas do sexo feminino, com idades entre 50 e 83 anos. Aproximadamente 184 pessoas continuam hospitalizadas, a ocupação nos leitos Unidade de Terapia Intensiva (UTI) chegou em torno dos 92% em decorrência das complicações clínicas.

Depois de agonizar por vários dias num leito de UTI do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, a gestante Patydan Castro não resistiu e veio a óbito no dia de ontem, segundo o boletim médico da unidade de saúde. A esposa do médico Raimundo Castro já tinha perdido o filho prematuro de seis meses após um parto induzido para tentar salvar a vida da mãe e do filho por conta da gravidez de risco por causa da doença.
A morte da paciente causou uma enorme comoção nas redes sociais, pois parentes e amigos vinham fazendo uma corrente de oração para que ela se recuperasse da enfermidade. O Conselho Regional de Medicina (CRM) chegou a emitir uma nota de pesar por conta da fatalidade que bateu a porta do colega da saúde.

A segunda vítima era um morador de Acrelândia que tinha 50 anos, mas que veio a óbito no último dia 20 no Hospital Santa Juliana, o terceiro era um aposentado de 72 anos, residente no município de Xapuri, que morreu no último dia 11 no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (INTO-AC), o resultado do exame saiu recentemente, com a confirmação da doença. A quarta vítima tinha 60 anos, faleceu no último dia 22 deste mês no INTO-AC, a quinta era uma aposentada de 66 anos, que morreu no dia de anteontem no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), a sexta vítima tinha 83 anos, mas faleceu na mesma unidade de saúde, no mesmo dia.