Acusados de latrocínio ocorrido na Estrada Pacífico são capturados


publicidade

Um latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido no início da noite deste domingo, dia 14, teve seu desfecho durante a madrugada desta segunda-feira (15), após conseguir identificar e chegar aos principais acusados desse crime.

Segundo foi apurado, Raimundo Nonato Pessoa, de 55 anos, foi surpreendido em sua casa, quando estava na companhia da esposa e de um casal de amigos. Os bandidos teriam chegado já atirando contra todos que se jogaram no chão.

Foi quando a vítima tentou se levantar e entrar na casa, neste momento, Raimundo foi atingido nas costas e não resistiu ao ferimento, indo à óbito no local. Sua esposa também teria sido ferida.

Após todos serem rendidos, os acusados revistaram a casa, encontrando cerca de R$ 12 mil reais. Na fuga, se apossaram das chaves de duas caminhonetes e as levaram. A partir daí a Polícia Militar entrou no caso e iniciou as buscas pela fronteira.

Foram localizadas quatro pessoas, entre eles, um menor de 15 anos. Claberson Alves Moreira (21), vulgo ‘Cowboy’, Ilsomar Jerônimo de Lima (18), vulgo ‘Lorin da Fronteira’ e Vanderson Marcelo Santana (21), este estava na possa da escopeta usada para assassinar a vítima e foi localizado em casa na companhia de uma menor de 14 anos.

Vanderson também na posse da escopeta, teria enfrentado os policiais, mas, o mesmo foi alvejado em uma das pernas e foi levado ao hospital Wildy Viana e está sob escolta policial. Os demais foram conduzidos para a delegacia e serão ouvidos no decorrer do dia.

A esposa da vítima também está em observação no hospital. Tão logo possa, será ouvida juntamente com o casal de amigos que estavam no local. O Corpo de Raimundo foi levado para a o IML da Capital, onde passará pelos exames de praxe, para depois ser liberados aos familiares. Informações O Alto Acre.