Advogado é preso com 17 mil munições e pistola em abordagem

Foto: Assessoria Policia Militar

Antonio Carlos Batista MALVADEZA

Um advogado servidor do TCE foi conduzido na tarde de segunda-feira à Delegacia Geral de Polícia de Senador Guiomard como suspeito de portar ilegalmente acessórios munições de uso restrito.

Ele recebeu ordem de prisão quando de uma abordagem de integrantes do 4º Batalhão da Polícia Militar, já que no automóvel de sua propriedade os agentes de segurança encontraram 17 mil munições, a maioria 9mm de uso restrito.

Tinha também uma pistola do mesmo calibre. O advogado faz parte de um clube de tiros, no entanto, não apresentou oficialmente a documentação do material apreendido munição apreendida. Ele foi autuado em flagrante pelo delegado Carlos Bayma, por porte ilegal de arma de uso restrito e de acessórios de munição.