Apenas 12% dos hospedados em hotéis de Rio Branco estão a turismo, diz Fecomércio

passarela01Apenas 12% das pessoas hospedadas atualmente em Rio Branco estão na cidade pelo turismo, segundo pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC) por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais (Ifepac). O estudo envolveu 18 hotéis em funcionamento na capital acreana – totalizando capacidade de 2.407 pessoas em 1.067 apartamentos – e, segundo os hoteleiros entrevistados, questões trabalhistas ainda são os principais motivos para a vinda de turistas.

 Conforme a pesquisa, a taxa de ocupação média atual é de 48%, ou seja, 500 apartamentos são diariamente ocupados em dezembro de 2015 e, quanto ao movimento dos hóspedes no período natalino, 75% dos empresários e dirigentes da rede hoteleira consideram os dados abaixo da média registrada nos meses anteriores, sendo que 57% afirmam que a redução fica em patamares de 10% a 20%. Apenas 20% se mostram satisfeitos com a atual ocupação.estátua de bronze do homem acreano

 Na avaliação de 65% dos empresários hoteleiros, o movimento de dezembro é creditado à tradição das pessoas em viajarem nesta época do ano, mas, para 15%, as ocupações são decorrentes de promoções ofertadas ao longo do mês. Ainda de acordo com os dirigentes do ramo, 58% dos hóspedes seriam da Região Norte do País, com destaque de 29% de pessoas vindas de Rondônia e, 13%, do Pará.

 Segundo informações de 60% dos empresários da rede hoteleira, a permanência dos hóspedes é de um a três dias.

Para o Ifepac, segundo o observado, o aumento no fluxo de pessoas em Rio Branco demanda políticas de desenvolvimento estratégico para um crescimento organizado da região, além de investimentos estruturantes para a melhoria no setor hoteleiro representam uma alavanca para o ingresso de divisas para a economia acreana.