Bancada acriana vota hoje dividida a maioridade penal

Foto da matéria 1 - Bancada acriana deve se dividir na PEC da redução da maioridade penal    A bancada acriana na Câmara dos Deputados vai votar nesta terça-feira bem dividida na votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê a redução da maioridade penal no Brasil de 18 para 16 anos.

 Por manifestações anteriores de seus membros, devem votar a favor da redução da maioridade penal os deputados federais César Messias (PSB), Alan Rick (PRB), Jéssica Sales (PMDB), Wherles Rocha (PSB) e Flaviano Melo (PMDB).

Devem votar contra a PEC os petistas Leo de Brito, Sibá Machado e Raimundo Angelim. Instituições como a OAB, CNBB e entidades de magistrados, promotores e de defensores públicos são contra a PEC.

         Os parlamentares petistas e as instituições da sociedade civil consideram que, em vez de prisões, os adolescentes, que são mais vítimas do que autores da violência no país, precisam é de mais escolas, onde podem ser educados para ter uma profissão a fim de garantirem um futuro promissor na vida.

         Já os deputados favoráveis à PEC preferem acompanhar a maioria da opinião pública nacional, que acha que os menores entre 16 e 18 anos, estão cometendo crimes e devem pagar por eles, mesmo sendo incentivados pelos bandidos hoje maiores de 18 anos.