Bancada da região Norte abre votação domingo

A região Norte abrirá a votação do processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT), no próximo domingo, na Câmara dos Deputados. Isso porque o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), desistiu da decisão anunciada na quarta-feira, pela qual a ordem de votação do impeachment começaria pelo Sul, ficando os parlamentares do Nordeste e Norte por último.

Pela nova decisão, haverá alternância por regiões. Os primeiros a votar serão os deputados de Roraima, seguidos pelos do Rio Grande do Sul, mantendo uma alternância entre Estados de regiões mais ao Sul e mais ao Norte do País. Em cada Estado, a votação será por ordem alfabética. A bancada de Rondônia será a nona.

O primeiro parlamentar a votar será Abel Mesquita Jr. (DEM-RR). O último voto será dado por Ronaldo Lessa (PDT-AL).

A ordem de chamada de deputados por Estado será a seguinte: Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amapá, Pará, Paraná, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Rondônia, Goiás, Distrito Federal, Acre, Tocantins, Mato Grosso, São Paulo, Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Bahia, Sergipe e Alagoas.

A legislação que trata de impeachment prevê que a votação nominal “será feita pela chamada dos deputados, alternadamente do Norte para o Sul ou vice-versa, observando-se que os nomes serão anunciados em voz alta por um dos secretários”.

votação-domingo